Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 30 de novembro de 2019

Lua - Sol! - MANUELA FRADE

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Todas as noites
Acordo assustada...
Minha infância foi-me tirada...
Jamais minha inocência encontrada!
Não durmo e assim não sonho,
Não sonho e assim não sofro,
Não vivo um passado,
De tormentos e horrores...
Olho para todos os lados,
Procuro a luz da minha alma...
A paz que se esconde
Se recusa a aparecer,
Sou livre quando o Sol nasce,
Quando a Lua...
Fica para me ensinar...
A crescer e ser!

EM - PINCELADAS POÉTICAS - MANUELA FRADE - IN-FINITA

Recife, as festas tu festejas - CARMEN LÚCIA DE QUEIROZ PIRES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Suas praias norte sul
Banha-me com sal
Suas pontes centenárias
Interligam meu coração

Seus cais Alfândega e Zé Mariano
Já não aportam embarcações
Mas me levam para o lado
Onde mora a emoção

Seus bairros elegantes
Oitizeiros fazem sombra
Casarios no Rio Branco
Quantos segredos tu contas?

Dos tempos da nobreza
Às casas da luz vermelha
Dos tempos de hoje
As festas tu festejas

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Improviso II - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

no impreciso sigilo da face
respiras o mundo
e o que dele desprendes

um flagrante
um espanto, um desvario
ou uma clareira aberta
para tua mirada

na urdidura das vontades
um barco em fúria para águas
descontínuas

caderno de mares com veleiros
na pausa das noites
canção no fio-rasura

EM - O AVESSO DO ARQUIPÉLAGO - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL - IN-FINITA

Velejando - TERESA LINO VICENTE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Por entre águas calmas, maré cheia
Abandono a tristeza na areia
E parto, vou mar fora, por aí…
Sem astrolábio, bússola ou quadrante
Guiar-me pelo sol é o bastante
Mesmo sem te levar, levo-te a ti!

O vento vai soprando lentamente
As velas do barco da ilusão
Sento-me à proa, tranquilamente
Pensando no que o meu coração sente
Quando a tua presença está ausente
E só te tenho ali, no coração!

E deixo anoitecer em mim estrelas
Aquelas que enxergo no teu olhar
Perdida neste mar de caravelas
Na voz do vento forte, solto as velas
Fecho as portas do mar, abro janelas
Ecoam serenatas ao luar

Depois, não sei se fico, ou se retorno
À terra onde deixei minha tristeza
Aqui eu sou feliz, tenho certeza
Eu sou estrela-do-mar e renasci!
O vento sopra agora outro rumo
Proa virada a terra, eu assumo...
Se o barco regressar, vai ser por ti!

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

Sono - RICARDO FONSECA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Deito-me nestes lençóis de sonhos enrugados
Neste tecido que não aquece o medo,
Que não protege da solidão dos dias,~
Da escuridão negra da noite
Deito-me querendo fechar os olhos.
Descansar de um cansaço entediante,
Qual combustível de caminhadas mil,
Qual pretexto para ficar preso no sono.
O meu sono é um território misterioso,
Não é neutro, ora fere ou cura,
Este sono tão meu tão coletivo,
Este sono que me prende e liberta.
Quero dormir por pouco que seja,
Embalado neste sono que tanto anseio,
Quero despertar novamente para um futuro,
Revigorado por este sono passado,
Que neste presente preciso e desejo.

EM - EMOÇÕES EM VERSO - RICARDO FONSECA - IN-FINITA

Mané Cilorão (Ou Ceroulão) - CARLOS CELSO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Ninguém mais fala no nome
nem inté no apelido
o cara tá esquecido
mas eu me alembro do ome.

Se fosse rico ou famoso
todo mundo se alembrava
inté omenageava
se amostrando orgulhoso.

Ele era eletricista
pra eu até um artista
nessa sua profissão.

Pobe, sem fama, sem nada
esse humirde camarada
era Mané Cilorão.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Amar - CARLA DE SÀ MORAIS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Amar, amar, quão lindo é
De tão forte ser nos transporta
Para um coração abafado
Fazendo menção de porta

Amor encantado e alentado
Sai sem avisar das lembranças esquecidas
Que uma consciência abatida tinha como fardo
Transformando a vida triste em campos de margaridas

Não deixeis aqueles sem grei
Ditarem as vossas leis
E bem dentro do coração ansiai

Um acto de bravura cândido
Desse mesmo amor sem desânimo
Que vos diz amai, amai

EM - DE GAVETA EM GAVETA - CARLA DE SÀ MORAIS - IN-FINITA

Tempo de partir - TERESA LINO VICENTE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Disse-te...
É tempo de partir!
Seguirmos caminhos diferentes
porque o tempo...
aquele, que já foi dos dois
perdeu-se entre os socalcos da vida
tornou-se chão infrutífero,
onde não nasce uma flor
tornou-se ermo, deserto
sem água doce por perto
Disse-te...
É bem melhor para os dois
é evitável deixar para depois
e, em abril, ao anoitecer
ternamente dizes-me adeus.
Uma lágrima cai dos meus olhos
em simultâneo dos teus
já não há mais a dizer
já não há nada a fazer.
Um dia...
Num setembro, talvez
seremos dois, outra vez
seremos rio, seremos mar
terreno fértil acabado de lavrar.
Se o amor nascer
se germinar
eu te farei ouvir...
Valeu a pena partir!

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Labirinto - CONCEIÇÃO FERREIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Sinuoso labirinto
Este, o do tempo,
Curto ou longo
É sempre vago.
Passa invisível
Como o vento
E como ele
Rasgando véus.
Atrás de si
Deixa distância
E para a frente
Os vastos céus.
O nosso tempo,
Enquanto há tempo...

EM - SUSSURROS - CONCEIÇÃO FERREIRA - IN-FINITA

Avexado pra vortá - CARLOS CELSO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Eta, terrinha querida
que me alembro toda hora
se o caba for frouxo chora
pelo restante da vida.

Um nordestino arretado
cuma eu que ama a terra
quando tá longe se emperra
pra vortá, fica avexado.

Se sai da terra é pro mode
resolvê o que num pode
sem dinheiro onde tá.

Eu saí, vim pro trabaio
fiz da vida um atrapaio
só penso mermo em vortá.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Completa indecisão - ANTÓNIO MR MARTINS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

A porta
está aberta em permanência,
mas o passo direito
demora a reagir.

Entrar
será intenção
do subconsciente,
mas outras forças
reagem de forma diversa.

A indecisão torna-se constante.

EM - JUÍZOS NA NOITE - ANTÓNIO MR MARTINS - IN-FINITA

Minha flor é água-viva - TÂNIA DINIZ

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Minha flor é água-viva
Exposta ferida e grita o silêncio,
De tua ausência, a guarida.
E pulsa. Lateja.
Minha flor é água-vulva
É mina turva.
É tua falta em cada curva
De pétala.
É seca de tua chuva.
E a carne viva
A carne vulva
Não perdoa.
Exige precisa deseja.
E ferroa.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Eternizar - NATÁLIA MATOS GOMES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Os teus versos voaram
Fustigados pelo vento
Nos dias do desalento
Amarelecidos, no volátil papel.
E, na saudade de não os ter
Teci pedaços de burel,
Sem adornos de organdi.
E escrevi aos anjos para
Se os encontrarem por aí:
Sibilem os cânticos desses odes,
E os devolvam em prosas de
Paixão e esplendor.
Ó, como os quero voltar a ler,
Para os redimensionar em memórias
Eternas, e na folha do pergaminho,
Os gravar em teu louvor!

EM - REFLEXOS NO OLHAR - NATÁLIA MATOS GOMES - IN-FINITA

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Sonhei - MARIANA ASPER

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Eu sonhei um sonho
onde o céu gritou gemidos.
Ergui o olhar que se me alongou diluído
numa névoa melancólica,
e ao ouvido me sussurrou:
São os anjos chorando as dores e agonias,
dura desarmonia,
implorando o amor,
num sonho veloz e capaz,
a volver noites de paz neste mundo
exacerbado de ganância e poder
sem luz no sentir e no entender,
de coração fingido e pervertido,
em seu próprio caminho perdido!

EM - O AMOR ASSOMA SEM HORA MARCADA - MARIANA ASPER - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Prece ao mar - CARLA OLIVEIRA ALVES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Amigo
Te ofereço meus pés descalços
pra que deles, lave todo cansaço
dos meus passos doídos
muitas vezes incompreendidos
pisados em falso
e de caminho difícil
Que a sua espuma tão leve
me alivie o peso e me acorde a lembrança
de que tudo isso faz parte
dessa nossa vida de andanças
e que fundamental é não perder esperança

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

O temporal do teu nome - CRISTINA AMARO CASADINHO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Todo o teu nome se espalhou
escureceu o céu e fez picar o mar.
Um nome que tudo invadiu.

A casa estremece.
Fecho-lhe a porta.
E como teu nome enlouquece!

Sobe toda a escadaria da minha vida,
derruba muros, escancara janelas,
esgota-se e liberta-se pela dor das fendas.

Todo o teu nome alagou
como um rio que subiu as margens,
a possibilidade de novos caminhos.

E ainda assim...
A minha frágil vida pulsa
nas folhas tombadas
na beira das estradas.
Diante do horror
que foi o temporal do teu nome.

EM - (DES)FLORIDOS - CRISTINA AMARO CASADINHO - IN-FINITA

Calmaria/Explosão - SOPHIA VARGAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Na calmaria dos meus
pensamentos...
uma explosão de amor...
(...) Você.

Meu coração navega, num mar...
de intensa emoção, sou imensidão.
Às vezes na leveza na calmaria,
às vezes na loucura da explosão.

Ele pulsa nessa soma de tantos
sentimentos desiguais...
Às vezes simplicidade, Porto Seguro.
às vezes é rebeldia, longe do Cais.

Ele é como as ondas do mar.
Descansa na areia com suavidade.
É involuntário e inconsequente,
quando transborda sentimento.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Vi o vento...* - PEDRO VALE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

Vi o vento, o verde, a árvore, a pedra, o velho, a dor,
a ponte, o ângulo, o céu, a curva, a cana, o pássaro, o fim,
a morte, o gesto, a brida, o fogo, a água, o poço, o tombo, a
linha, a tábua, o medo, a força, o sol, a sede, a casa, o brilho,
a sebe, a toca, o corvo, a sina, o lago, o foco, a brita, o riso,
a espera, o peixe, o fusco, a flor.

Eu vi.

EM - AZUL INSTANTÂNEO - PEDRO VALE - EDIÇÃO DE AUTOR

Quer me saber? - CARLA OLIVEIRA ALVES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Quer me saber? Entre!
Mas, antes... por gentileza...
repouse sua bagagem na entrada,
descalce os caminhos de seus pés, e entre!
Quer me saber? Sinta!
Esse chão que pisas é o meu jeito
Pode ser que tropeces em algum defeito
Não os ignore! Contudo, não os importe, e sinta!
Quer me saber? Veja!
Minhas qualidades dão melhores pistas da minha
realidade
Não se engane com o que achas que sabe
Dispa seus olhos, e veja!
Quer me saber? Escute!
Esse som que percute é meu coração
O ritmo é marcado por sonhos
As texturas são compostas de emoção. Escute!
Quer me saber? Seja!
Aqui dentro, presente agora
Profundo momento, tempo sem hora
Sem pensamento, esteja sem demora, e seja!
Quer me saber?
Não ache e nem pense que me sabe
Entre! Sinta! Veja!
Escute! Seja! Esteja!

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Azul turquesa - CLARA PATACHÃO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Deslumbrante e cintilante
Azul turquesa é realeza
No mar sei amar
Não tenho medo de sonhar
A minha alma tem estrofes de ti
De cada traço que aprendi
Guardo no tempo
Cada momento
No degrau daquela escada
Senti-me tocada
Foi voo no oceano
Onde amámos sem engano
Corremos cantos escondidos
Não ficaram esquecidos
Fiquei cega de sentimento
Com o teu consentimento.

EM - AMOR SENTE-SE - CLARA PATACHÃO - IN-FINITA

Apenas metade - SOPHIA VARGAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Fui tudo
que você sempre quis.
No seu tempo,
nas suas loucas vontades.
Do seu jeito,
me esqueci de mim...

Hoje, sigo só.
Um mundo novo
tenho que reconstruir...
Apenas metade.
Porque da outra,
há muito já me perdi.

No jogo do amor,
e diante dos problemas
inesperados da vida.
É nossa obrigação
permanecermos inteiros
e nosso caminho seguir...

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Beijo, beijo, beijo - CELSO CORDEIRO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Beijo, beijo, beijo...
não se fala hoje de outra coisa
que não seja do beijo
porque até o beijo tem dia!

Beijo é que nem aguarela
de várias cores despejada na tela,
tem beijo de todos os tons
e toda conversa se remata num beijo.

Ele é beijo na boca
ou então afastado dela,
beijo com língua ou sem ela
é o beijo intenso carnal,
é o beijo cínico ilusão
ou beijo de Judas traição,
é beijo com amor fraternal,
beijo cumprimento formal
ou beijo repleto de carinho,
e já o beijo foi tornado banal.

Beijo que é beijo carrega paixão
faz sair pela boca o coração
e faz até acordar o tesão,
beijo é motor de arranque e ignição!

EM - VERSOS COM REVERSOS - CELSO CORDEIRO - IN-FINITA

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Louca a mente! - MANUELA FRADE

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Amo-te loucamente e preciso...
Preciso de ti pertinho de mim...
Sei que estás, porque te sinto,
Sempre que o meu coração bate forte,
Canta minha alma...
Sei que estou sempre presente
Na tua... Coração lindo!
Astralmente ligados pelo Amor
Sinto necessidade de te ter
Pertinho de mim...
Sentir teu calor, tua ternura...
Encanto meu!
Tua paixão, cheiro e sabor...
Dão-me a alegria, a felicidade
Que não quero jamais perder!
Quero poder a cada instante,
Retribuir tua generosidade,
Teu amor inteiro,
Vivido louca e intensamente!

EM - PINCELADAS POÉTICAS - MANUELA FRADE - IN-FINITA

Os "Paraíbas" - BÁRBARA ABREU

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Deveria ser uma piada... mas realmente aconteceu!
“Um de tal presidente” com ar de deboche... apareceu,
E chamou o Nordeste do Brasil de “Paraíba”...
e o desmereceu!

O chefe de Estado só se esqueceu...
que foi da terra de Jorge Amado,
Que veio também Gilberto Freyre, Manuel Bandeira
e Celso Furtado...
Ariano Suassuna e o Paulo Freire, mundialmente
respeitados!

E se for falar de religião,
grandes nomes vão aparecer no seu coração...
Frei Caneca, Dom Helder e Padre Cícero são sinônimos
de devoção!
E não se esqueça de Antônio Conselheiro,
o peregrino do sertão!

Na música também só temos motivos para nos orgulhar!
Djavan, Caetano e Chico Science, só para começar...
Gal Costa, Gilberto Gil e Alcione... são todos deste lugar!

São 9 estados com diversas culturas, artes e religiões!
A Paraíba só é uma linda parte dessa infinidade
de expressões...
O Nordeste só dá motivos de altivez,
em todas as ocasiões!

Então, Sr. Presidente não somos apenas “Paraíbas”,
evidentemente!
Somos nordestinos, fortes e inteligentes...
Respeite nossa região, nossas cidades e nossa gente!

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Improviso I - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

no cálice de estanho
o sabor do fogo

no vinho da noite
a memória da uva

a escrita do pássaro
no tempo das asas

EM - O AVESSO DO ARQUIPÉLAGO - BEATRIZ H. RAMOS AMARAL - IN-FINITA

Sentimento - SÓNIA COSTA RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Quando o medo se aproximar,
Prometo-te Forte fazer!
Quando a tristeza te Procurar,
Prometo-te fazer sorrir!
Quando a cabeça confusa estiver,
Prometo-te todas as perguntas esclarecer!
Quando ficares irritada,
Prometo-te acalmar!
Quando o teu céu se escurecer,
Prometo o meu sol te preencher!
Quando o ciúme de ti se aproximar,
Prometo-te a minha confiança dar!
O teu lindo sorriso ver,
Me faz mais forte ser!
Amar você de coração a arder,
Dá mais vontade de o meu amor te oferecer!

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Cio ardente - MANOEL BARBOSA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

No ardor do desejo me encontro
em faro aguçado, certeiro, caça fervorosa
te encontro, momentos, fraqueza crescente
cio ardente, profano, inferno urbano.
Encontro-me com você, nós, cúmplices
perdidos em comunhão de pecados
o nosso doce inferno
a perdição nossa de cada dia, cada noite
dia a dia, ignorância mundana, vazio
saciando, levando, consumindo, queimando.
Nós, insaciáveis, perversão crónica
o melhor ainda desconhecido, o céu a esperar.

EM - UIVOS URBANOS - MANOEL BARBOSA - EDIÇÃO DE AUTOR

domingo, 24 de novembro de 2019

Inocentemente - RICARDO FONSECA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

O vento soprava suavemente
E, sem me aperceber,
Fui envolvido por ele,
Parando noutros lugares.
Contatei com as estrelas,
As mais brilhantes no alto céu.
Dormi nas suaves nuvens,
E brinquei no arco-íris
Nascido nas doces águas do rio.
Desci e, num fatal mergulho,
Entrei noutros reinos,
Onde fui admirado
Como se nova aquisição eu fosse.
Vestiram-me com pérolas,
Deram-me conchas de ouro e prata,
Mas nada me fez feliz.
Ao fundo alguém surgiu
Perguntando inocentemente:
“Queres ser meu amigo?”
E eu, a chorar contente,
Fui-me embora com ela!

EM - EMOÇÕES EM VERSO - RICARDO FONSECA - IN-FINITA

Além dos meus olhos - AUZEH FREITAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Além dos meus olhos
canaviais escondendo
horizonte.

Meia-Volta-Volver

Bato as sandálias.
Sigo descalça. Falta chão.
Alma desnuda de mim.
Carregando poemas nos ombros
Sonhando fardos doces de cana caiana.

Desejo que tudo passe.
Águas de rio em moinhos e monjolos.
Pedras de rios.
Rochedos do mar.

Eu poeta, hei de ficar.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Amarga ilusão - CARLA DE SÀ MORAIS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Ama-me à luz do dia
Sob os olhares da multidão
Enquanto na penumbra do quarto
Arranhas o meu coração
Destróis as doces recordações
Que tento guardar em vão

Seduzes meu corpo combalido
Escravo do teu desejo
Sem te interessares
Ao qu’almejo
Menos ainda ao que valido

Apagas a chama pura
Esqueces a ternura, sentimento maior
Que nos conduziu a esta aventura
Na qual me sentia superior
E assim me lanço no abismo
Que me serve de armadura

EM - DE GAVETA EM GAVETA - CARLA DE SÀ MORAIS - IN-FINITA

Diferente - SÓNIA COSTA RODRIGUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Nick Autor imparável,
Como a vida é formidável!
Sabe ver a vida com Paixão,
Com muito Amor de Coração!

A Fé é o seu verdadeiro valor,
Com muita luta e convicção!
Sabe vencer os seus Obstáculos interiores,
Com Deus no seu Coração!

A injustiça é a sua luta,
As pessoas são sua Inspiração!
O seu síndrome não o preocupa,
Faz dele o melhor ser humano até então!

No Amor ele acreditou,
A esperança lhe aprontou!
Grande Mulher encontrou,
E uma grande Família!

A sereia que nele existe,
Faz dele um ser diferente!
A beleza é extraordinária,
No seu interior impressionante!

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

O preço - MANOEL BARBOSA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

Qual é o preço de sua cabeça
quanto custa o perdão
o alimento na mesa
qual é o preço do amor
quanto custa as chaves das algemas
a vida em labirintos de amargura
qual é o preço da libertação
quanto é a fiança nos templos de promessas
qual é o preço da consciência
quanto custa a salvação
quanto vale a sua cabeça
quanto custa viver aprisionado
ao medo, arduamente áspero, ao acaso
quanto me custa você na prisão
Qual é o preço?

EM - SANGUE E BLUES - MANOEL BARBOSA - EDIÇÃO DE AUTOR

sábado, 23 de novembro de 2019

Labaredas - CONCEIÇÃO FERREIRA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam mais da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Embalada na vertigem do olhar,
No fulgor desta perfeita comunhão,
Voo pelas águas do silêncio...

Ardem-me, livremente, pelo peito
As cálidas labaredas do poente
E é menos fria a minha solidão...

Sou uma ave que baila pelo espaço
Sentindo apenas o sibilar do vento
E o horizonte aceso nos meus olhos.

EM - SUSSURROS - CONCEIÇÃO FERREIRA - IN-FINITA

O espelho d'alma - AUZEH FREITAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Me olho e não me vejo
Me procuro e não me encontro
Minha alma caiu num barranco
Na queda espatifou o espelho.

As pedras do caminho
Deixaram marcas no rosto
Os espinhos, cicatrizes no olhar.

Os gritos que não gritei
Não fizeram ecos
Minha voz está rouca
Alma ficou surda.

A louca que eu deveria ser
Manda eu me calar
Quando o que quero é gritar.

Os meus passos estão lentos e o corpo pesado
A alegria lá fora no relento
Sem querer entrar
Esperando minha alma voltar.

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Remendar impróprio - ANTÓNIO MR MARTINS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Era fugaz o sentir
quando o teu olhar
tinha a idade da diferença.

Ser cativo
era empreendedor
na substância corrente
de todos os rios
e das fontes de águas cálidas,
mesmo em tempos de invernia.

Por ora
tudo em ti
reflecte estagnação
e o sangue
já não te nasce
com a pujança necessária.

EM - JUÍZOS NA NOITE - ANTÓNIO MR MARTINS - IN-FINITA

O não e o sim da escolha - SONIA BISCHAIN

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Sumo, cresço ou me dissolvo
em lamentos dementes.
Renúncia, fera de afiadas garras
a aprisionar o desejo.

Solidão, secreta chama
engolindo palavras, partes tão minhas,
fez do canto espera, silêncio,
vento, reza e lágrimas. E eu só.

Quando o corpo
afoga o medo do breu, desato meus nós.
Temperos noturnos
a me despertar num sorriso de sol.

Não me rendo,
não me entrego à primeira lágrima.
Descubro tão bela vida, aurora,
fluindo no ventre da manhã. Recomeço.

Meio gesto ou gesto inteiro.
Na boca o gosto do riso.
Esperança: minha chama
onde a dor não vinga.

Na bagagem sonhos, sementes de mim,
beleza de quem sonhou
revertendo o andar do tempo.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Poema novo - NATÁLIA MATOS GOMES

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Como eu gostaria de inventar um poema novo:
Sem luas, nem sol, nem mar,
Nem epopeias, nem dias, nem mais...
Apenas um poema novo,
Onde coabitassem loucos e animais,
Querubins e áspides voadoras,
Super-heróis e serafins,
Mal amados e dragões,
Mendigos e senhores,
Geração sem gerações
Numa tão real irrealidade...

Venham comigo, venham,
Escrever um poema novo,
Onde caibam todos os seres –
Ó visões de Bruegel e de Bosch
Numa estonteante prestidigitação!

Aqui não, ninguém fica de fora!
Utopia? Não! É um sonho,
Que se concretiza com as quimeras
Que, outrora em minhas manhãs,
As redimensionei no poema novo,
Que ora urge para todo o sempre.

EM - REFLEXOS NO OLHAR - NATÁLIA MATOS GOMES - IN-FINITA

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

Nesse teu olhar - MARIANA ASPER

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA EDITORA
Saibam do livro e da autora neste link
Conheçam a editora neste link

E nesse teu jardim de olhares
Procuro as tuas carícias ousadas
Os sussurros enlouquecidos
Que embriagam minha mente...
Quis conhecer-te
Para ti me perder
E de tudo me esquecer
É o amor e o sonho... rastos que
Me deixam embevecida
Sem eles o que vale a vida?

EM - O MEU TEMPO É VIVER - MARIANA ASPER - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

A rainha do mar - APARECIDA DAS GRAÇAS COTRIM AMARAL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

No dia dois
Do mês dois
Céu e Mar
Vestidos de azul
Acolhem os barcos
Repletos de presentes
Carregados pelos braços
Dos valentes pescadores
Para a festa da Rainha do Mar
Odoya Yemanjá!

No Mar
Os barcos são adereços
Perfumados e floridos
Que dançam no ritmo das ondas
No Céu
O branco das nuvens
Pintam e bordam
Desenhos vários
Para saudar a Rainha do Mar
Odoya Yemanjá!

E assim, no dia dois de fevereiro
Chega gente do mundo inteiro
No aconchegante bairro Rio Vermelho
Para homenagear a Rainha do Mar
Odoya Yemanjá!

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Tardiamente - CRISTINA AMARO CASADINHO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Todas as palavras vêm tarde.
Nascem num tempo morto
que acabou de passar.

Ou chegam aqui tão tardiamente
que parece que não chegam a chegar.

Ficam em mim;
Bandeiras rasgadas de enlouquecido vento.
Ausências inteiras
que embalo tristemente nos meus braços.

Palavras... falando que palavras?

Destinadas a tempo nenhum
e a lugar nenhum.

EM - (DES)FLORIDOS - CRISTINA AMARO CASADINHO - IN-FINITA

Sinto em mim crescer - SIDNEY FRANÇA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Um amor que chegou sem ser notado... se sentiu
a vontade para ficar e hoje já faz parte do meu ser...
como se dono fosse do meu íntimo dos meus
pensamentos doces e proibidos... um amor que estou
vendo a cada dia crescer dentro de mim com tanta
intensidade que a própria distância não teve força
para impedir... está despertando minhas emoções...
fecho meus olhos e sinto teu corpo sobre o meu...
o que seria de mim se não sonhasse!

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Pensamentos soltos - CARLOTA MARQUES CANHA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Conheçam a autora neste link

Os pensamentos são ideias,
palavras soltas
que fluem sem forma,
tempo e cor,
e de pequenos ou grandes
este livro vão enriquecer.
Só sei que desde que
agarrei esta ideia
nunca mais parei de escrever,
seja longe ou perto este objectivo,
eu não deixarei de concretizar,
porque sei que este sonho
e outros vão perdurar,
e eu jamais vou esquecer
este momento único
e especial
que na minha vida ficou
e para sempre
vou recordar.

EM - AGARRAR O TEMPO (PENSAMENTOS SEM TEMPO) - CARLOTA MARQUES CANHA - CHIADO BOOKS

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

É em vocês que me inspiro - LITAS RICARDO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA EDITORA
Saibam do livro e da autora neste link
Conheçam a editora neste link

A vós, queridos seguidores, um brinde:
Erijo ao Céu o cálice da amizade
Que me embriaga de carinho e vida
E de histórias de emoção.
Sempre de coração aberto,
Em vós encontro as melhores experiências,
EM vós obtenho o melhor conhecimento.
E em cada momento e cada sentimento,
São vocês que me fazem continuar,
Ontem, hoje, amanhã e depois.
É com o que os vossos olhos vêem
Que as minhas palavras saem
E ficam em forma de história.
Para vós, meus queridos seguidores,
Sim, para vocês estas palavras lerem e sentirem,
Nunca deixem de amar,
Nunca deixem de partilhar,
Nunca deixem de aí estar,
Só assim é possível erigir o cálice da amizade.
A vós, queridos seguidores, brindo com amor,
Como se fossemos poesia...

EM - SENTIRES DE MIM, PARA TI - LITAS RICARDO - EDIÇÕES VIERA DA SILVA

Sobrevivente - APARECIDA DAS GRAÇAS COTRIM AMARAL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

É noite na terra
E a morte chega
É noite na morte do entardecer
... um corte na lua
... uma corte na rua
... lenta... trágica... triste
... um rastro no chão
... um terço na mão
... uma lenta procissão
Na noite... no Norte
E nos olhos do homem Crente
A fé carente de pão
A mente sente a seca
Que seca o chão
Que mata a vida
Que fere o coração
É noite na terra
É seca no Norte
É morte... é caatinga
... um gole de pinga
... uma lágrima tímida
Na goela
Na capela
Um rastro do passo
Pingos de vela
E um corpo
Cansado... Suado... calado
Espera... a chuva

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Amar... Amar... Amar... - CLARA PATACHÃO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Em horas de cor nesse mar fiz amor
Nos olhos teus fiz amor com os meus
Dentro de mim há um pouco de ti
Naveguei nesse mar sem fim
Nesse mar vibrante fui tua amante
Nesse mar andámos sem rumo
Nesse mar foste amor profundo
Nesse gesto palpitante foste diamante
Foste fonte quando avistei o horizonte
Olhei o céu e vi o sol poente
Vivemos esse dia no mar reluzente
Mil desejos por mim passaram
E a traineira baloiçava naquele mar
E as nuvens se fecharam

EM - AMOR SENTE-SE - CLARA PATACHÃO - IN-FINITA

Almas gémeas - SIDNEY FRANÇA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Você me completa... nos misturamos de tal forma
que é impossível sermos separados sem que um leve
parte do outro... dividimos memorias e momentos
únicos... muito fácil expor com tanta clareza de detalhes...
está em mim... Seu cheiro me embriaga... me transporto
em pensamentos a seu lado... sinto sua pele suave
e quente... delicada e serena como uma rosa enfeitando
e dando vida ao meu jardim.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA

Desgarrada a um "Fado Magoado"* - CELSO CORDEIRO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam do autor neste link
Conheçam a In-Finita neste link

Não seria decerto fado
se não fosse tão magoado
nem o poema de fado urdido
se não tivesse sido sofrido,

É no cantar desse fado
que se afoga a tristeza
e só num fado chorado
reside tamanha beleza,

A beleza do fado é teu canto
que encerra toda a tristeza
sem nunca perder o encanto,

Tuas lágrimas são a riqueza
mais do que o próprio pranto
de um coração de princesa.

* FADO MAGOADO – poema de Maria Gonçalves

EM - VERSOS COM REVERSOS - CELSO CORDEIRO - IN-FINITA

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Retratos nossos - ANITA SANTANA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Ecos do Nordeste neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

De toda parte surgem Cantos
Por vozes belas e vibrantes
Ensolarando todos os recantos
Contagiando o corpo dançante

Histórias se repetem com primor
Na boca incansável dos mais velhos
Nas palavras inocentes das crianças
No rimar dos versos de algum cantador

Da terra a vida brota incansável
Que a homens e mulheres alimenta
Estes sem destemor a cada dia reinventa
Com sol ou chuva o labor perdurável

Assim é essa terra multicor
Que reverbera sonhos de luz
Por entre espinhos dos mandacarus
Na imensa estrada de chão batido
Ou em águas nascentes brotando flor!!

EM - ECOS DO NORDESTE - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Asas... - MANUELA FRADE

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO POR IN-FINITA
Saibam da autora neste link
Conheçam a In-Finita neste link

As asas da nossa inspiração,
Procuram a Luz na Fé...
O amor simples e pleno...
Nosso corpo...
Nossa alma...
Deleita-se com o encontro,
Paixão e ternura
Do beijo suave, doce...
Envolvente...
Amor... Amante,
Companheiro da vida,
Porto de abrigo...
Não importa quanto tempo
Vive-se intensamente,
Amor no presente,
Vamos ver... se sempre!

EM - PINCELADAS POÉTICAS - MANUELA FRADE - IN-FINITA

Ser escravo ou não ser (eis a questão) - SEMEANO OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Converso comigo no alto deste monte,
Tento me encontrar, aqui bem perto da Comunidade
Vida e Paz,
Abstraio-me por momentos do bulício da cidade,
Com a Serra da Arrábida como pano de fundo,
Polvilhado pelo sol do final da manhã, envolvido pelo
gorjear dos pássaros,
Aconchegado pelo vento.
Deito-me na relva deste monte estupidamente alegre,
Só assim me consigo rir, de mais um idiota dono de
restaurante, que me queria esfolar vivo,
Em pleno dia de feriado de todos os santos,
Talvez tenha cara de coelho, a minha alcunha de infância.
É a Cova Funda,
É trabalhar das 11 às 2 da manhã,
É não escrever poesia, não tocar a minha musica,
É ser escravo e ser corno também,
É a morte do amor,
É a morte dos sonhos do homem

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS IV - ANTOLOGIA - IN-FINITA