Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Gritante amanhecer - ROSAMAR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Um poema que é tiro, que é bala
nem sempre é tiro certeiro,
nem sempre é tiro primeiro
mas é tiro que não cala...

denuncia o cativeiro, de um povo que vive em dor,
que vive prenhe de amor,
onde o sonho é incolor,
e a profecia nem fala,
nada que seja a favor...

nem o vento que embala
este navio sem escala
que anda nem mar à deriva,
com a sua vida cativa,
nas mãos de quem tem poder
mas não faz acontecer,
os direitos deste povo, que espera um Abril novo,
num gritante amanhecer...

EM - POVO DE NOVO - ROSAMAR - EDIÇÃO DE AUTOR

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Metáfora - ROSETE CANSADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Da nossa vida, um poema,
Das noites, uma serenata ao luar,
Do amor, o Danúbio azul,
Dos beijos, balada de amor,
Da união de corpos, quatro estações,
Dos desejos sentidos, valsa da meia-noite,
Dos prazeres envolventes, bolero de Ravel,
Da mente ao coração, quinta sinfonia,
Da paixão, mar que na areia se espraia,
No jardim uma rosa vermelha a florir,
Que nos beija ao passarmos.

EM - O GRITO DO SILÊNCIO - ANTOLOGIA - EDIÇÕES OZ

terça-feira, 29 de julho de 2014

Um espesso pó nos aguarda* - GRAÇA PIRES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Um espesso pó nos aguarda.
Por isso transformamos a ombreira
da porta num braço de mar.
O soalho de madeira faz da casa um navio
onde as ondas iludem a errância do casco
e a geometria das tábuas repete
a simétrica dimensão dos mastros.
um remo parado significa uma espera
ou a irremediável secura do olhar.
É então que percorremos a casa
e trancamos as portas para que o vento
não seque os olhos alagados
com que regamos o jardim.

EM - POEMAS ESCOLHIDOS 1990/2011 - GRAÇA PIRES - EDIÇÃO DE AUTOR

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Som da solidão - MARIANA LOUREIRO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Sou a música fúnebre
de uma solidão devastadora
que alastra como erva daninha
numa alma indefesa...

Soam acordes de trompetes mudos
guitarras ocas
violões desesperados
violinos angustiados
numa orquestra infeliz que condiz com o tempo...

Soa o vento
brada o trovão
cai o relâmpago no corpo sombrio
e sem brio de uma ilusão...

Esfumam-se os sonhos despidos de verdades
anunciadas na janela da vida
esquecida nesta alma solitária...

Um gesto mudo num grito silencioso
uma agonia desesperada
de um EU que morreu numa morte antecipada...

EM - O GRITO DO SILÊNCIO - ANTOLOGIA - EDIÇÕES OZ

domingo, 27 de julho de 2014

Sensualidade - CONCEIÇÃO OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Domingão... erótico e sensual
Num espaço e tempo percorridos
À espera de um encontro natural
De carícias e beijos apetecidos

As margens do leito que não são rio
Acolhem corpos quentes e brutais
É a hibernação de pudores a fio
No entrelaçar dos apetites carnais

Musicalidade de movimentos
Bailados frenéticos, agitados,
Num ciclo cerrado mais que sadio

É no meio de breves momentos
Que se encontram dois corpos suados
Em êxtase... num leito macio!

EM - AUDÁCIA DOS SENTIDOS - ANTOLOGIA - UNIVERSUS

sábado, 26 de julho de 2014

Sou - ROSETE CANSADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Sou
Filha da madrugada
Do amor, amada
De tudo e de todos
Da lua e do sol, lembrada
Das estrelas cintilantes, poema
Do mar amante, apaixonada
Da vida, tudo ou nada
Da noite, solitária
Da esperança, cúmplice
Do vento, aventureira
Da chuva, monotonia
Das nuvens, navegante
Sou paz, amor e amizade

EM - VIDA - EM POEMAS - ROSETE CANSADO - EDIÇÕES OZ

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Pelo bem-estar - ANTÓNIA BALSINHA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

As curvas do meu destino
Acordam o sol brilhante
E matam as histórias
Do meu triste semblante
A gemer nas nuvens do céu
Em ventos perdidos de luz
Onde as cores do sol vão
Ao presépio de Jesus

Nos espaços encobertos
Da longa eternidade
Amortalhada bem cedo
Em plena tranquilidade
Vai transformar ar que reluz
Na poeira do caminho
Onde vive o segredo
Num buraco bem escuro
Escondido num penedo
Onde nasceu Deus Jesus

Com as graças concedidas
Nas palhinhas de Belém
O filho de Deus homem
Nasce duma menina feita mãe
É figura central do mundo
Com energia e nobreza
Cumpriu a sua missão
Fonte de grande riqueza

EM - INQUIETAÇÕES POÉTICAS - ANTÓNIA BALSINHA - SINAPIS

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Viajante no tempo - ÂNGEL MAGALHÃES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Cobri com lágrimas minhas feridas
deixei o canto invadir a minha noite
fugazes momentos que me vestem
fui devorada pela poeira de minha alma
viajante no tempo que perdi,
percorri o tempo de braço dado com as ilusões
nas batalhas que defendi
nos aromas que me fizeram refém
tempos outros que vivi,
sintomas que apodreceram
movo-me tal um animal que se protege
escondida na noite
em sons de fúria calcinada
nas escritas que me salvaram,
nessas viagens multiplicadoras de lembranças
onde o desespero tragicamente me devorou
num uivar alucinante
cicatrizes que me definem
nos gritos e nas dores
degusto palavras asfixiadas
que minha boca ingurgitou.

EM - O GRITO DO SILÊNCIO - ANTOLOGIA - EDIÇÕES OZ

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Paroxismo - CONCEIÇÃO BERNARDINO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

só saberei amar-te uma vez,
e esta cópula que trago na pele será o teu altar
onde te deitas,
onde pernoitas
como a chuva que me lambe o rosto
e a vela que ainda não ardeu.

saberei abraçar-te no momento certo
se a (in)certeza assim deixar
serei a púdica mais obscena
nesta lama de oceanos
onde os corpos se dividem em cores
e os rios se (re)partem
adocicando os seios que saboreias
no ventre dos (dis)sabores

só saberei amar-te uma vez,
se alguma vez me souberes amar

EM - AUDÁCIA DOS SENTIDOS - ANTOLOGIA - UNIVERSUS

terça-feira, 22 de julho de 2014

Amo-te - MILA LOPES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Não consigo viver sem ti
Amo-te como a luz
Que invade os meus dias
Tu és o templo onde não há leis
Apenas nossos desejos mais profundos
Nesse templo tu és o meu único Deus
Aquele que é o meu céu de estrelas
Tu és o meu amor e o meu bem-querer

EM - O BEIJO DA ALMA - MILA LOPES - EDIÇÕES OZ

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Não vislumbro - GRAÇA PIRES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Não vislumbro
qualquer sinal de enleio
nos meus ombros.
Ao longe envelhecem,
em mim, as planícies
cobertas de giestas.
E lembro os dias
em que ouvia falar
de um homem:
quase um peregrino,
quase um nómada,
quase um louco.
um homem deambulando
no rumo dos animais bravios
que povoavam sua mente.
Uma vasta mancha de sonhos
me perturbou para sempre.

EM - POEMAS ESCOLHIDOS 1990/2011 - GRAÇA PIRES - EDIÇÃO DE AUTOR

domingo, 20 de julho de 2014

Grito - PAULA OZ

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Posso gritar?

Gritar ao mundo que te amo, desafiar a mente
posso chorar?
Adoçar as lágrimas dos teus olhos
posso escrever-te?
Ser poema, tua eternamente

Posso?
Sussurra-me que sim...

Ouve-me na alma
acaricia o meu amor
respira-me com doce calma

Sabes...
tenho dentro de mim um véu de esperança
coberto de sonhos e ternas lembranças

Ah... meu amor!
São tão simples as minhas palavras
voa nas minhas mãos

EM - DO SILÊNCIO E DA PELE - PAULA OZ - EDIÇÕES OZ 

sábado, 19 de julho de 2014

Assim me desenho - GORETI DIAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

No ondular da tua pele cintilo,
Estrela reflectida no mundo,
Olhos fundidos no perfume da tua alma,
Ausências trituradas na fusão de corpos unos...
Condensados.
No olhar aceso do Amor,
Sonho momentos roubados à ausência,
Mapas e bússolas de peles ardendo
Suspensas na ponte do Tempo...
Desfocado.
No teu colo, meu amor,
Planto jardins de nenúfares,
Relvas de passos silenciosos
Abraços serenos de jasmins...
Doces.

E assim me desenho,
Concha,
Cor...

EM - AUDÁCIA DOS SENTIDOS - ANTOLOGIA - UNIVERSUS

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Isto é amor - MARIA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Na doçura dos teus beijos
O amor brota a florir
Como a fechar e abrir
A caixinha dos desejos.

Na ternura dos teus braços
A paixão flui, flutua, eu amo,
Com ternura, amor te chamo,
Minhas mãos são como laços.

Na perdição do grande amor
Eu enlouqueço um pouco
Ao dar-te um beijo louco,
Que em nós, eterniza o sabor.

EM - O MELHOR DE MARIA GOMES - MARIA GOMES - SINAPIS

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Grito - ROSETE CANSADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Eu grito ao amor e à poesia
Ao sol e também à lua
Grito à nossa liberdade
Grito amor, fui sempre tua

Este meu grito ao amor
É com muito sentimento
A poesia que muito amo
Sai-me do coração e da mente

Meu grito de liberdade
Que sempre gostei de ter
Vivemos em comunidade
É para mim um prazer

O sol que nos aquece
Dando calor e alegria
A lua que nos faz sonhar
Com toda a sua magia

Grito também à saudade
Grito forte à esperança
Grito ao meu amor querido
Que a distância não nos cansa

EM - VIDA - EM POEMAS - ROSETE CANSADO - EDIÇÕES OZ

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Ego - FÁTIMA VIVAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Audaz fantasia
a minha.
Julgar que escrevo
e que alguém,
não sei quem,
vai ler.
Aproximo-me
em surdina,
envolta na neblina,
deste crer,
deste sentir que devo.
Demito-me
de ser apenas eu.
Quero que um dia
alguém me recorde
e diga
"Ela escreveu."

EM - AUDAZ FANTASIA - ANTOLOGIA - UNIVERSUS

terça-feira, 15 de julho de 2014

Fome - ROSAMAR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

hoje tenho fome...
tenho fome de alimento mas não é o do sustento,
é outro que o corpo come,

hoje tenho fome,
dói no estômago que até consome,
fica seca a minha boca,
tento comer o teu nome,
mas não chega... a fome é louca...

hoje tenho fome...
e é igual à outra fome,

dói, à entrada da...

boca...

EM - GUARDADO EM MIM - ROSAMAR - EDIÇÕES OZ

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Súplica - MARIA FÁTIMA SOARES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Deixa-me deitar a cabeça devagarinho
uma vez que seja, no teu ombro forte
antes de finalmente aceitar, que a morte...
me toque ela, na escuridão solitária.

Deixa-me sussurrar de mansinho
de forma que só eu ouça... Como te amo,
e que a morte possa, quando por ti chamo...
apiedar-se de mim, já que tu não podes.

Deixa-me com os meus dedos percorrer a tua face
e num último esforço colossal
beijar nos teus lábios, o sal... da vida.

Deixa-me iludir de seguida
E por fim, morrer, convencida!

EM - JOGOS DE ÁGUA SERENA - MARIA FÁTIMA SOARES - LUA DE MARFIM

domingo, 13 de julho de 2014

Susto - HELENA ISABEL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Deixemos que o susto nos abandone
Voltemos ao namoro, ao doce do toque
Vamos escrever juntos... poemas completos
Vamos reflectir, ouvir e rir
Abraça-me nos teus braços
Acaricia-me... sabor a paz
Seca com as tuas encantadas mãos, minhas lágrimas
Toca-me, compõem-me em melodias
Escreve-me nas pautas, sinfonias
Faz-me electricidade ao entardecer
Volta para mim... para tudo acontecer

EM - MAR QUE ME ESCREVE - HELENA ISABEL - CHIADO EDITORA

sábado, 12 de julho de 2014

Eu pinto o que sinto - MILA LOPES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Nas horas esquecidas
O tempo passa
São sombras tecidas
À luz da vidraça
No chão pinto a tela
Dos sonhos em mim
Imagino as cores
De encantamento
Com as mãos
Voo em movimento
São luzes, são sombras
Que pinto, nem sei
São coisas da alma
Nas telas que pinto
Eu pinto o que sinto

EM - O BEIJO DA ALMA - MILA LOPES - EDIÇÕES OZ

sexta-feira, 11 de julho de 2014

Hoje acordei... - LÍLIA TAVARES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA

Hoje acordei com a dor das árvores;
estou de pé e o meu tronco sustém
o vazio e a solidão dos ramos
côncavos de espera,
impacientes de ternura.
Quero o bracejar dos pássaros,
ser refúgio dos ventos que me procuram,
tornar-me na folhagem que te abriga,
ser o ninho na tua noite, aberto
com a inquietação e a serenidade
dos rumores das aves mais tardias.
Não, desta vez não vou...

EM - PARTO COM OS VENTOS - LÍLIA TAVARES - KREAMUS

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Renascer - PAULA OZ

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

É no quarto da minha solidão, que oiço a saudade
que grita por ti...

Na mente do meu corpo, o tempo é frenesim
e tu, o infinito
balançando dentro de mim

Solitária, no deserto do mundo morri
de pensamentos povoado, renasci

EM - DO SILÊNCIO E DA PELE - PAULA OZ - EDIÇÕES OZ

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Acesa solidão - SANDRA SUBTIL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Sentado à lareira
olhando o crepitar dos troncos
sente na sua memória
o cheiro de outros Natais.
Aroma de alegria, de união e de amor
mesclado com odor a canela, a açucar e mel.

Hoje a solidão corrói-lhe os ossos
e nem o calor do lume lhe aquece a alma.
Já não consegue sonhar.
As forças congelaram no peito.
Lá fora a noite cai
e o seu manto negro envolve a aldeia
num abraço caloroso e pleno.
E na lareira as labaredas fervem...
E a lenha estala...
E o cheiro do Natal dissipa-se
embrenhando-se no fumo da fogueira
que se eleva no ar.

EM - LUGARES E PALAVRAS DE NATAL - ANTOLOGIA - LUGAR DA PALAVRA

terça-feira, 8 de julho de 2014

Morte fardada - VERA SOUSA SILVA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

A farda manchada de sangue
jaz morta na calçada
onde os passos velozes do inimigo
ainda ecoam.

A justiça está cega
e a viúva cobre-te as manchas de suor
com lágrimas amargas.

o órfão não entende
porque não o abraças.

O Povo lamenta a morte de mais um polícia,
reclama por mais segurança
enquanto coloca velas
que ardem e se apagam,
quase tão depressa como a memória
de mais uma morte em serviço.

EM - BIPOLARIDADES - VERA SOUSA SILVA - LUA DE MARFIM

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Para onde vou? - MARIA ROSA MARQUES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Sigo por caminhos de sobressaltos 
vou tão só que os altos e baixos
só baixos são...
nesses caminhos não encontro chão
só espinhos agudos no coração
lágrimas que queimam meus olhos
tenazes que apertam o corpo
nesta vida só encontro escolhos
na viagem não encontro meu porto
um porto com mar de bonança
em mim morreu a esperança
de encontrar um caminho de luz
a morte me atrai e seduz
só lá no fundo encontrarei a LUZ...

EM - RENASCER - NAS ASAS DE UM SONHO - MARIA ROSA MARQUES - EDIÇÕES OZ

domingo, 6 de julho de 2014

Amo... o Ser - MARIA JOSÉ LACERDA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Amo... o Ser...
Como cada um sabe... ser...
Gosto do ser... de mim...
Do ser... de ti...

Como sei... ser...
Como sabes... ser...
Gosto... amo...

O teu... ser
O meu... ser
Conjugado... no ser Nós
Silenciado... sem voz

EM - ESCRITUS E RABISCUS - MARIA JOSÉ LACERDA - UNIVERSUS

sábado, 5 de julho de 2014

Um minuto - ROSETE CANSADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Um minuto te peço amor!
Quero os teus olhos olhar
Quero receber teu beijo.
O meu também te dar.

Que ao meu ouvido murmures!
Te amo muito meu amor...
Para que os meus sentidos,
Enamorados de ti,
Fiquem calmos e rendidos.

Nada mais te peço amor!
Pois sei que não é viável,
Temos que ter confiança
E aguardar com calma.

Como só um pedi um minuto
Não quero ser abusiva
Pois tudo tem a sua hora
Com conta e medida.

EM - VIDA - EM POEMAS - ROSETE CANSADO - EDIÇÕES OZ

sexta-feira, 4 de julho de 2014

O chapéu do meu disfarce - FLORBELA DE OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

O meu disfarce tem um chapéu.
É vermelho cor de sangue
Cor de amor
Cor de dor
O meu coração tem um disfarce para que não me pisem.
O meu chapéu é lindo e protege-me.
Eu sem o meu chapéu sinto-me despida.
Sinto-me...

EM - AMO-TE MAIS TARDE - FLORBELA DE OLIVEIRA - UNIVERSUS

quinta-feira, 3 de julho de 2014

Ser mulher - MILA LOPES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Ser mulher...
É ser luz, é encanto
Mensagem que origina
Toca a essência divina.

Ser mulher...
É ser no universo estrela
Em vibração com o luar
É ser magia e ternura
É alma que eterniza.

Ser mulher...
É ser sorriso de esplendor
É a noite e o dia
É o antes e o depois.

Ser mulher...
É inspiração do universo
É instrumento do amor
É gerar uma vida
É também sentir dor.

Ser mulher...

É tudo isto e muito mais
Ah... mas ser mulher é bom demais.

EM - O BEIJO DA ALMA - MILA LOPES - EDIÇÕES OZ

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Mundo inseguro - SÍLVIA SILVA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Gostava que escutasses o que penso, o que murmuro
Peço para te ver!
Solto um pouco do meu mundo inseguro
Desabafando à noite
Num manto escuro
E na manhã de claros véus
Passo tempos e tempos a escrever
Tudo o que gostaria de te dizer...

EM - SONHOS DE PRATA E OURO - SÍLVIA SILVA - UNIVERSUS

terça-feira, 1 de julho de 2014

Sei de ti - PAULA OZ

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

E os teus dedos são olhos que me despem

Agridoce é o cheiro... o calor do beijo
sei de ti quando o sonho adormece no meu sonho
e o corpo faz morada no desejo

Sei de ti porque em ti eu me pertenço
dispo as palavras, só nua eu te suponho
o poema é essência da tua nudez

Bebe do meu olhar, sensações...
tatua-me na pele o que és em mim
toques sorvendo suores

Corre-me no corpo o fogo dos teus lábios

EM - DO SILÊNCIO E DA PELE - PAULA OZ - EDIÇÕES OZ