Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Mátria V - MANUEL MIRAGAIA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Faremos-te Mátria,
pensando à vez com a imaginação e o sentimento,
como fazem os poetas verdadeiros.
Batendo o pé na torta e sinuosa rota dos que se negam.
Subvertendo a ordem dos repetidos mandamentos.

Faremos-te Mátria,
porque estamos orgulhosos da Terra,
porque sentimos a alegria com os lábios do Sol,
porque lembramos os avanços e os antepassados,
através de miles de anos de história.

Faremos-te Mátria,
porque és fundamento e chegada
do nosso contínuo percorrer,
porque somos todos fortes e humanos
e ainda acreditamos na redenção futura.

EM - GALEGUIA - MANUEL MIRAGAIA - CHIADO EDITORA

XIV - LUIZ OTÁVIO OLIANI

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Podem seguir o autor neste link

o coração corroído
viaja sem prumo

ao sabor das águas
triunfa ao léu

onde encontrar
nova chave
para o amor?

EM - A PERSISTÊNCIA DA MEMÓRIA - LUIZ OTÁVIO OLIANI - OFICINA EDITORES

Amanhã quero morrer - LUCIANA MOREIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Amanhã quero morrer
Para acordar no teu regaço.
Meu amor, que faz o tempo
Louco insano num só traço?

Amanhã quero morrer
Para ser de novo ventre.
Nesta cidade esquecida
Pelo povo de outra gente!

Meu amor, quero morrer
Na loucura desta sorte.
Leva o corpo que outrora
Te dava amor e norte.

Leva-me contigo, amor
No teu barco a soluçar,
Um rabelo preso à dor
De te ver ir sem voltar!

EM - DEBAIXO DA LUA - LUCIANA MOREIRA - CHIADO EDITORA

terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Divindade - CARLOS TEIXEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Todos desejam ser como Ele
Eu, tu, os outros e os uns
E mesmo que inspirados Nele
Não somos melhores que nenhuns

A toda a hora
A toda a hora

EM - ENTRE LINHAS - CARLOS TEIXEIRA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Despe-te - MARIA MADALENA RAMOS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Despe-te
Mostra o lado interior
mostra esse sentimento
que voa nas asas do vento
não interrogues nem perguntes
a razão do teu viver
vive... deixa correr...
o teu destino és tu
não coleciones objetos
faz no caminho projetos
procura agulha em palheiro
na vida pouco conta o dinheiro...

Despe-te
da turbulência da neve
da turbulência do vento
da turbulência da chuva.

Sê tu
despida de preconceitos
mesmo com todos os defeitos.

Mostra esse teu sorriso
que te cobre como abrigo
em branco de fogo trigo.

Despe-te
não há outro caminho!

EM - O VIRAR DA PÁGINA - MARIA MADALENA RAMOS - CHIADO EDITORA

Espaço do meu ser - ANA COELHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora e o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Recolho dos outros
tudo o que cabe dentro de mim,
não há espaço no meu ser
para o mal entender, nem dizer...

Caminho pela vida
com sorrisos, no sangue das feridas
sem ansiedade ou ambição,
isso são precaridades
que não ocupam espaço no coração...

Encontro na mãe natureza
mil lições que me ensinam a certeza
que um dia tudo volta ao lugar
onde nascem as águas paradas...

Tudo se envolve... tudo se dissolve
o que fica é a substância cristalina
as pérolas, diamantes ou rubis
esculpidos com o cariz suave
das mãos sem maldade...

EM - AS FOLHAS APÓS O VENDAVAL - ANA COELHO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Liberdade - MARIA CARVALHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora e o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Se chover
Dança à chuva
Se fizer sol
Despe-te dos preconceitos
Das imposições
Das regras
E vai para junto do Mar
Todos os dias o sol lá vai
Vai lá para namorar
Colhe um cravo
Num coração que te Ame
Vive
Grita
Dança
Abraça com garra
O que te trouxer esperança
Nem que abraces a saudade
Nunca deixes que ninguém
Te roube a Liberdade

EM - SOU FILHA DA POESIA - MARIA CARVALHO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Estou feliz e sinto-me feliz - DORES ALMEIDA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

O amor recíproco faz-nos transbordar como pétala de uma rosa
Um perfume suave e agradável
O amor torna-nos doce e insaciável
Brota de nós rosas lindas como as cores do arco-íris

O amor é como a chama de um vulcão ativo
Mas atrativo
Faz-nos saciar a nossa sede, mesmo que não haja água
Faz-nos ir ao espaço mesmo sem foguetão
Faz-nos brilhar mesmo no escuro

Por isso, quero embalar nestas quatro letras "Amor",
porque estou vivendo e sentindo o significado desta palavra
Em suma, estou feliz e sinto-me feliz

EM - DESABAFOS DE UM POETA - DORES ALMEIDA - CHIADO EDITORA

A viagem - EMANUEL LOMELINO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Aqui fala o piloto, vosso comandante
vamos dar inicio a mais uma viagem
apertem os cintos para a descolagem
preparem-se para um voo alucinante

dou-vos um pequeno aviso importante
não está prevista qualquer paragem
só no regresso faremos a ancoragem
garanto-vos um passeio interessante

são várias as saídas de emergência
só as usaremos por falta de sorte
por agora vamos mantê-las seladas

por nosso bom costume e decência
eu serei vosso titulo de transporte
minhas costas já foram obliteradas

EM - A VIDA EM POESIA - ANTOLOGIA - HELVETIA EDIÇÕES

A minha pátria - GEORGINA CAÇADOR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam mais da autora neste link
Saibam mais do livro neste link

A minha Pátria chama-se Liberdade.
Escrava, eu sou dela de livre vontade.
Liberdade minha
De pensar tão bom,
Me trazes perdida
Sem força vencida,
Sem rumo sem tom.

Liberdade minha, que preço tão duro
Percorrer cada estrada,
A ver-me ignorada
Sem sol no escuro.

Pagarei o preço da liberdade.
O mais elevado,
De ser o que sou
Sempre a caminhar
Sem ser apanhado.
Liberdade minha,
Ámen.

EM - VIVEIRO DE PALAVRAS - GEORGINA CAÇADOR - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

domingo, 28 de janeiro de 2018

Chove num dia sempre igual - GORETI DIAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam mais da autora neste link
Saibam sobre o livro neste link

Chove num dia sempre igual,
chove num dia de cristal negro
e o inverno repousa nas asas de um anjo sereno.
No sótão desta casa esquecida,
ruge o frio,
zanga-se o vento
e desconecta-se a vida.
Curvada sobre uma mancha de cor,
a cada dia maior,
mirram os ombros
e as mãos de ossos perros.
E o vento não se vai embora...
Cj«hove neste dia sempre igual,
chove neste dia de sussurros de neve
e o caminho já se não traça mais...
As flores são lembranças,
as vozes são bálsamo já gasto...

Queda-se onde esta vereda?

Queda-se onde esta chuva?

... esta vida?

EM - SINGULARIDADES & ETC - GORETI DIAS - CUCA MACUCA

voláteis são as pétalas - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam sobre o autor neste link

voláteis são as pétalas
que sobrevoam o corpo do ser
na ausência desse mesmo corpo,

e cortam as asas do vento
rente à superfície do tempo
onde adormece.

EM - O DISCURSO DOS PÁSSAROS - ALVARO GIESTA - EDIÇÃO DE AUTOR

Arrebatamento - NATÁLIA CANAIS NUNO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

ante o teu corpo junto ao meu... vou sonhando
prossigo inteiramente tua, do sempre ao agora
descubro a tua força, enquanto tu me amando
segredo aos teus ouvidos, rogando mais na hora

a loucura, o sonho, esse que vive junto ao meu
é como uma cascata de sede, que nos aprisiona
vejo o mar no teu olhar, fica o meu preso ao teu
esse corpo desencaminha o meu que se abandona

e nessa loucura... o sonho me leva com paixão
somos como um vendaval q'palpita aprisionado
a plenitude é um mudo instante, e logo é extinção

procuramos inutilmente o amor ainda em chamas
foi-se em longínquos dias, em silêncio devorado
resta lágrima que nos afoga, e o dizeres q'me amas

EM - ESTREMECIMENTOS DE ALMA - NATÁLIA CANAIS NUNO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA 

sábado, 27 de janeiro de 2018

Ilha - MARIA JOSÉ FRAZÃO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Ilha...
Ilha em mim
Sabor de mim e em ti
Ilha em mar natural
Ilha que parece virtual
Nas sensações que desperta
No sentir que se sente
Na ação que se pressente
Mas que na realidade não acontece!

EM - AMAR E MAR - MARIA JOSÉ FRAZÃO - CHIADO EDITORA

Quero ser poeta - MARIA DE ANDRADE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA POETA ALESSANDRA BRANDER

Quero ser o sol que te encanta
A alegria que levanta
Uma flor de Jardim
Quero ser chuva assim
A fineza que lava
A pureza da palavra
Uma flor de carmim
Um raio de sol que dança
Uma gota de esperança
Quero ser poesia
No raiar e no fim do dia
Para tocar-te com alegria!

EM - XII ANTOLOGIA SPVO - ANTOLOGIA - BABECCO

Malícia - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora e o livro neste link

Maliciosamente a minha mão desliza
Pelas tuas coxas abertas à paixão
Entregas-te a mim
Saboreias os seios hirtos ao amor
Num suave carinho de loucura
Entrego-me a ti
E, nessa entrega de volúpia
Consumamos o sonhos e o prazer
De nos termos por inteiro

EM - SENTIRES POÉTICOS - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

No fundo, é simples - PAULO GALHETO MIGUEL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Os dias passam por mim, vagarosos
Vive-se sem pensar
São os desejos que não se contrariam
São as coisas, por vezes sem nexo, que nos fazem bem dizer
É o cerco ao peito, que se desfaz no melhor dos tormentos
É o sorriso, como um traço que se prolonga, contagiante
Uma passagem aguçada, sem ser postiça, que se sente
Um querer que se estimula por si mesmo
Qual razão de não ter sede
De tudo isto, a vida nos ensina a possuir

Sem que sejamos avisados para ISSO!

EM - EMINENTES TRANSPARÊNCIAS - PAULO GALHETO MIGUEL - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Vida - CARLA DE SÀ MORAIS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam sobre a autora neste link

A vida é uma rosa
Vermelha, amarela, azul
Poderá crescer formosa
Ou asfixiada em tule

Em jardins imaginários
Seus espinhos existentes
Fazem parte de cenários
Muitas vezes inocentes

A vida é uma rosa
De espera, atenção e cautela
Deslumbra mais que a mimosa
Seduz menos que cravo em lapela

EM - DE GAVETA EM GAVETA - CARLA DE SÀ MORAIS - PASTELARIA STUDIOS

a cidade e o tempo - JOSÉ BARATA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Está cinzenta longínqua e oblíqua
esta cidade perdida
e reencontrada no tempo.
Acendo e fumo um cigarro até
ao fim das minhas entranhas.
Estranhas estas noites e os dias
vividos nas margens desta
geográfica e quotidiana cidade
que tão longe de outrora
reclama agora a sua eternidade.

EM - A GEOMETRIA DO PENSAMENTO - JOSÉ BARATA - CHIADO EDITORA

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Canto décimo III - ORLANDO NESPERAL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

3

A preparação foi de jeito e bem comedida,
O Aeroporto rodeado de soldados estava,
Os vi, de mãos dadas e ordens de despedida,
Volta e deixa-te estar em casa, se arrumava
Ordem vinda sem se saber de quem, era lida,
Daqui, Posto de Comando da Revolução, se falava,
Posições na Rádio, foi a porta aberta mais leal,
Mais a Televisão e no terreno a rua do Arsenal.

EM - A ILUCASTANA - ORLANDO NESPERAL - CHIADO EDITORA

Desrazões - LUIZ OTÁVIO OLIANI

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA POETA MARIZA SORRISO

em mim
veias abertas

marca passo é inútil
jorro de sangue
inevitável

aorta exposta
nervura da carne

meu coração
é um redemoinho

EM - TODOS OS TONS DA POESIA - ANTOLOGIA - DOWSLLEY EDITORA

Em brasas - ADRIANA MAYRINCK

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Podem seguir a autora neste link

O corpo em ardências
entrega-se à água que transborda dos céus,
em pingos intensos e constantes.
O cabelo molhado balança ao vento
por entre passos cadenciados,                               
no ritmo da melodia que se ouve ao longe.
Escaldante pelo lado de dentro,
derrete-se ao contato da chuva refrescante.        
Espera o encontro, com inquietação
e sorriso nos lábios,                                                
no espaço das horas,                                                                                                           dá a mão ao sol,

Em brasas

EM - IN-FINITA - ADRIANA MAYRINCK - DOWSLLEY EDITORA

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

A Florbela Espanca - LENILDE FREITAS

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Saibam sobre a autora e o livro neste link

Conheço a casa
onde o acordar é infeliz.

Na mesma rua,outras cintilam
no matiz em que os sonhos aterrissam.

Um pássaro, cuja plumagem é um pincel,
voando torto despinta o céu.

A casa que eu conheço
chove por dentro

enquanto a alma
de quem lá mora

trinca no centro.

EM - A CORÇA NO CAMPO - LENILDE FREITAS - EDIÇÃO DE AUTOR

Tordesilhas solidões - PAULO DE CARVALHO

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam sobre o autor neste link

Era noite...
                              Era distante...

Um forte calor aquecia a saudade,
apagava a noite, acendendo o verso,

Mirava a luz, ajeitava a lua,
apartava o só em sol, aprumava o leito,
acalentava a dor no peito...
Não esquecia, aquecia o beijo.
Já despontava no horizonte, aurora benfazeja,
sua beleza infinda para outras noites

                               Bem-vindas...

EM - CANTABILE - PAULO DE CARVALHO - EDIÇÕES MUIRAQUITÃ

Nosso mundo é ilusório - JOSÉ MATIAS BORBA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Podem seguir o autor neste link

Nosso mundo
é ilusório.
Nossa vida, um
punhado de sonhos
que brotam na alma e
evaporam-se lentamente.
Nosso mundo é
um jardim, e
nós somos como
plantas e flores
esperando primaveras.

Nosso mundo
é um mar de procelas, mas
nossa mente é uma
fábrica de sonhos
que nunca para.
Nós somos apenas uma
centelha da Luz
brilhando na utopia da vida.

EM - A NOITE DE UM POETA - JOSÉ MATIAS BORBA - INOVAÇÃO

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Parafuso sem rosca* - PEDRO GARCEZ PACHECO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam do autor neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora no link

Parafuso sem rosca
na máquina
sem dever
nem função,
sem contribuição,
só pó
sem essência,
teu éter é apenas sobrevivência.

EM - PARTITURAS DE UMA NAU - PEDRO GARCEZ PACHECO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Fábricas - MANUEL MACHADO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Eu sou uma fábrica.
Todo o ser humano o é.
Nela existem trezentas e sessenta e seis secções.
Trabalham árdua e diariamente
Apenas a uma lhe é exigida
Produção em cada quatro anos,
Em determinado mês do ano,
O de descanso
Pois tem vinte e oito produções.
É a vinte e nove especial.
Várias maquinetas interligadas
Ajudam à produção de, e só, uma máquina.
Do alto do seu pedestal
O poderoso criador
Ordena aos úteros fecundadores
Gestação de iguais instalações.
Por vezes maquinetas deficientes
Produzem estruturas deformadas
Ou insuficientes de uma ou mais funções.
Ostracizadas por uns
Recuperadas ou melhoradas por outros.
Todo o ser humano é uma fábrica.

EM - O QUE A MINHA CANETA ESCREVEU - MANUEL MACHADO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Espelho de luz - DINALDO LESSA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Podem seguir o autor neste link

Quem sou, senão teu contrário?
Se não me vi no reflexo da janela,
foi porque tu estavas lá, viva
como uma onda, um véu de luz.

Meu (in)verso.

EM - ILHA SEPARADA - DINALDO LESSA - EDIÇÃO DE AUTOR

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

A vida inteira - HONORÉ DUCASSE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

De mim
Nada mais me resta
Que um epitáfio esquecido
As palavras mortas
São o mote do poema que me vela
O poeta só morre
Quando lhe morrem as palavras
E na ausência delas
Lhe morre a vida inteira

EM - INTRANQUILA QUIETUDE - HONORÉ DUCASSE - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Junho agora - CRISTINA LOPES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

É Verão e faz calor
Na praia o teu corpo molhado
Desliza sobre a tomada de consciência
De mais um lugar
Quantos graus é preciso para chegar a ti?
Seria a pergunta que poria agora
Mas o mar em frente convida à coragem
Salto com algum constrangimento e corro
Para as ondas que desembocam à minha frente
A água salgada faz maravilhas
E no redemoinho dos mares
Na saúde da água salgada
Esqueço as perguntas e apenas sou

EM - OURO DA PENUMBRA - CRISTINA LOPES - CHIADO EDITORA

Sou apenas - VIEIRINHA VIEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Eu sou apenas
Um intervalo...

Entre o sol que pretendo alcançar
E a chuva que teima em cair
O intervalo...

Entre os raios e as gotas
Um arco-íris de várias cores
O intervalo...

Entre a realidade e o ilusório

Porque tu vês
Mas nunca tocas
Um intervalo...

Que tu e eu definimos
O que restou de nós
Foi...

Um intervalo!

EM - VESTIGIUM D'ARBOR - VIEIRINHA VIEIRA - CHIADO EDITORA

domingo, 21 de janeiro de 2018

O abismo líquido - BÁRBARA LIA

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELA AUTORA
Saibam sobre a autora neste link

Existe uma porta
que dá para o abismo
é loucura dar o passo...
darás?
se ficar dói mais
que mergulhar no fim,
sim
não pergunte aos loucos
quando desatou o real
ninguém sabe definir
o fim do sim
da melodia das harpas
a exata hora
que o perfume secou
no ar
a sensorial despedida
deslizar de dedos sobre dedos
deslizar lento que desprega
alma da alma pele da pele
farfalhar de roupas
um riso amarelo lento
e a porta aberta
e o abismo perto
para evitar essa hora
abismal
mergulhar no vácuo
perder mais um pedaço
todos evitam
atar as roupas
roçar os dedos
selar as bocas
dedilhar a harpa
dos corpos melodiosos
a memória grita
e os amores morrem
na casca

EM - FORASTEIRA - BÁRBARA LIA - VIDRÁGUAS

Galiza eram - MANUEL MIRAGAIA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Galiza eram as terras.
Galiza, as aldeias.

Galiza eram as fragas
em que há ventos que gelam.
Também, carros de vacas
e os labregos com elas.

Galiza eram crianças
que aos seus pais fora lembram,
crianças que medraram
para gadanharem a erva.

Galiza era patacas.
Comum era a colheita.
Patacas dos suores
das mulheres galegas.

Galiza eram os lares
que os caciques espreitam.
As noites junto ao lume
com as meigas na noitebra.

Galiza eram palavras
que brotavam das eiras,
vocábulos formosos,
bons para as nossas ideias.

Tudo mudou com os anos,
gentes e natureza.
E o que é Galiza agora?
Intenção ou quimera?

Galiza eram aldeias.
Agora, incerteza.

EM - GALEGUIA - MANUEL MIRAGAIA - CHIADO EDITORA

X - LUIZ OTÁVIO OLIANI

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Podem seguir o autor neste link

há secura
no que os olhos sentem

a paisagem acre
lembra a solidão
dos cavalos mortos

a solidão
de se saber só
em meio ao infinito

e Deus existe?

EM - A PERSISTÊNCIA DA MEMÓRIA - LUIZ OTÁVIO OLIANI - OFICINA EDITORES

sábado, 20 de janeiro de 2018

Vida e gratidão - MARIA CARVALHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora e do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Fiz do som de um violino
Vida e gratidão
Meu coração é chama
Incendeia a paixão
Os meus olhos
Brilham e iluminam
Os cheiros da ilusão
Faço da vida um mar
De presentes diferentes
Caixinhas com recheio de Amor
Carinho, abraços, ternura
Tenho em mim
Presentes sem fim
Nenhum se paga
Nada
Preciso em troca
Ou talvez sim
Só ver o teu sorriso
Ao descobrires que os meus presentes
São pedacinhos
Do meu coração
São pedacinhos de mim

EM - SOU FILHA DA POESIA - MARIA CARVALHO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Sobram - MARIA MADALENA RAMOS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam da autora neste link
Saibam do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Sobram palavras
Palavras poema
Tinta sem cor
Da cor do dilema
Sobram as pedras
Dessa calçada
Constroem castelos
Em ilhas desertas
Pedra que estala
Em fogo... fornalha
Poeira sedenta
De uma dor
Que apoquenta
Sobram os olhos
Que poisam a vista
Sobram canções
Na voz do fadista
Sobram marés
Em ondas do mar
Lançam desafios
Ao barco a navegar
Sobram carícias
De mãos carentes
Sentem-se quentes
Humedecidas

EM - O VIRAR DA PÁGINA - MARIA MADALENA RAMOS - CHIADO EDITORA

Ele - CARLOS TEIXEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre o autor neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

De manhã acorda cedo
Mesmo com tanto para fazer
Ao meio-dia está ainda carrancudo
Que mais lhe poderá acontecer

Já pela tarde continua telhudo
Sem saber bem em que pensar
Pela noite, aí sim, está com tudo
Está prontinho para desbundar

EM - ENTRE LINHAS - CARLOS TEIXEIRA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Páginas coloridas - ANA COELHO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora e o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Encosto as palavras ao silêncio
nos balanços do olhar,
beijo as horas da ausência
para te ver chegar
e te entregar um sorriso imenso
abraçado ao desejo de te adoçar
as formas do corpo;
entrelaçados os sentidos
descem ondas,
pelos seios que te abrigam,
sem silêncios, nem palavras
os olhares tocam-se
sem pressa de chegar,
assim é o amor
na maturidade dos dias
se alonga
nas páginas coloridas
dos poetas que amam
na lucidez de outorgar amor
sem promessas ou cobranças ocas...

EM - AS FOLHAS APÓS O VENDAVAL - ANA COELHO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Um pouco de jardim - GEORGINA CAÇADOR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link

É bom,
Ter narcisos no jardim.
São bonitos,
Lembram estátuas perfeitas
De Coral e Marfim.
Na juventude eu sonhava como o Egito.
Solos quentes, cores de terra,
Beleza tanta, que está para o infinito.
Do mundo, bem entendido.
Ainda sonho com o Egito.
Mas faz-me feliz
Os narcisos do meu jardim
Bem escondido.

EM - VIVEIRO DE PALAVRAS - GEORGINA CAÇADOR - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Desejo - DORES ALMEIDA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Meu amor estou com vontade enorme, mas enorme,
de ver os teus olhos de diamante
De receber o teu abraço carinhoso, protetor e aconchegante
Sentir o teu respiro, a temperatura do teu corpo
Tocar a tua pele macia e mergulhar na onda do teu corpo

Sentir o cheiro do teu suor
E banhar suavemente
Sentir de novo o gosto da tua saliva

O meu corpo carece desse amor
O meu corpo está sofrendo e muito
Vem preencher esse vazio que suprimiu o meu amor
Tu és o meu encaixe perfeito

EM -.DESABAFOS DE UM POETA - DORES ALMEIDA - CHIADO EDITORA

Tempo - ELOÍSA VICENTE DE CAMPOS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA

Quisera eu nascer junto a ti,
Para contigo aprender a construir o tempo.
Tu sabes que pouco... quase nada, sei da vida.
Sou pedra batida, triturada,
Saudade já esquecida.
Amar-te é tudo o que eu sei do mundo!
A este meu coração vagabundo,
Basta que te saiba meu,
Ainda que por um segundo...
Basta que no teu adeus,
Diga-me que tu voltas,
Sempre...
A buscar repouso,
Em pouso nos braços meus.

EM - A VIDA EM POESIA II - ANTOLOGIA - HELVETIA EDIÇÕES

quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Grato é recordar - NATÁLIA CANAIS NUNO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

o passado vai caindo para um lugar que é o esquecimento, estilhaçado em bocados, numa névoa perdido... extinto no nada, conto agora com um futuro incerto e um presente inquietante entre a luz e a tristeza... lembro noites de ternura e o meu sorriso detém-se enquanto o sono não chega, na memória cruzam-se e inquietam-se os pensamentos, vendo-te deslizar de súbito pelos lençóis, o teu olhar a reflectir-se no escuro e o contínuo desejo de nada perder, perto dos sonhos ébrios ainda a vontade de me deixar quebrar entre teus braços...

EM - ESTREMECIMENTOS DE ALMA - NATÁLIA CANAIS NUNO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Perdi-me no caminho - GORETI DIAS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA AUTORA
Saibam mais da autora neste link
Saibam sobre o livro neste link

Perdi-me no caminho, esmagaram-se os sonhos.
Cansada, deitei a alma na borda da estrada.

Almejei a luz e vi-me nas trevas. Bordei flores na minha
pele com rubis e ametistas, roubaram-mas, só encontrei
o nada para as refazer.

Não sei do meu jardim, nem sei perguntar por ele. Só
as paredes frias que ladeiam o caminho me olham e um
mar ruidoso e encapelado se ouve ao longe. Não tenho
forças para subir a escarpa e não tenho braços para navegar.

Hoje, impludo na luta inglória de descobrir o calor da
esperança que me reconstrua a alma.

EM - SINGULARIDADES & ETC - GORETI DIAS - CUCA MACUCA

atropelam-se no cérebro - ALVARO GIESTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam sobre o autor neste link

atropelam-se no cérebro
mitos inventados
que se eternizam
na aridez das palavras construídas
sem sabor.

e a loucura sã,
febril neste ânsia de escrever
por dentro de si mesma
grita

EM - O DISCURSO DOS PÁSSAROS - ALVARO GIESTA - EDIÇÃO DE AUTOR

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Simulei - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora e o livro neste link

Simulei um sorriso
Ao cair de uma lágrima
Simulei um bocejo
Para ocultar um grito
Simulei um abraço
Para esconder a tristeza
Simulei que vivia
Numa vida sem vida
Simulei... simulei...
Sorri... caminhei...
E nunca me encontrei

EM - SENTIRES POÉTICOS - MARIA ANTONIETA OLIVEIRA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Sentir o coração - MARIA JOSÉ FRAZÃO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELA EDITORA
Saibam sobre a autora neste link
Saibam sobre o livro neste link
Conheçam a editora neste link

Quando te sentires
Enrodilhada numa teia
Procura toda a serenidade
Dentro de ti mesma.
Sente o teu coração,
Ouve a voz da inteligência,
Para poderes sentir
Que o teu corpo é capaz de reagir.
Depois,
Age serena
E com a rapidez lúcida
De quem é capaz de vencer.

EM - AMAR E MAR - MARIA JOSÉ FRAZÃO - CHIADO EDITORA