Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Dois tempos - JOEL LIRA

Enquanto se é jovem, a Primavera,
dá-nos quase tudo...
a "chuva" salgada que existe dentro de nós
não salpica a terra; cai-nos no peito...

(O vento, nos altos dos céus, por lá circula
em ventania desmesurada...)

A juventude, essa manifestação
de que tudo está certo, corre-lhes nas veias,
batendo forte na alma até ao acordar da realidade!
Enquanto espera (tem tempo!),
a inquietude da juventude
nem pensa que poderá haver um amanhã,
um Inverno, e que o inferno pode esperar.
É que o tempo de hoje é para Amar!

EM - INQUIETAÇÕES - JOEL LIRA - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário