Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

À sombra de uma nuvem - HENRIQUE PEDRO


Adormeço
Prostrado
À sombra de uma nuvem
Cansado
De um pensamento mais denso

Embalado
Por uma aragem de espírito
Que me refrigera o corpo
Do sopro ardente da Terra
Envolta em guerra

Acordo
De madrugada
Na frialdade da noite iluminada
Pela luz cósmica das estrelas
Que espargem espiritualidade

A geada
Prateada
Da verdade
Não me deixa dormir

Flutuo no nada
Demente que estou
Com a mente perturbada

Que virá
A seguir?

EM - ANGÚSTIA, RAZÃO E NADA - HENRIQUE PEDRO - TEMAS ORIGINAIS

1 comentário:

  1. É um poema em tom de canção, quer pela forma quer pelo conteúdo.
    À primeira leitura parece pessimista, mas não ,tem rasgos de esperança.
    Muito belo. Grata.

    ResponderEliminar