Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Noite - VERA SOUSA SILVA

O relâmpago rasga o céu
e estremece-me a cálida
sinfonia em desatino
matando o sono
e no quarto morto
há uma vertigem
e a cegueira aproxima-se
nas sombras que se movem
na luz que me fascina.

EM - ATÉ AMANHÃ - VERA SOUSA SILVA - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário