Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 4 de março de 2016

Volúpia - RUTH CÂNDIDO

Aquela margem ficou
tal filme encravado no cinema
os meus lábios molhou
centrados só numa cena.

Acariciando sem tocar
parte húmida e sensível
com um fogo por apagar
num corpo apetecível.

Num relâmpago de olhar
e um boxers pelo meio
sou a espuma do mar
a deslizar nesse anseio.

Vou rebolando, esfregando
vou mexendo sem tocar
e ansiosa vou esperando
a onda por rebentar.

EM - UM SOPRO NO DESTINO - RUTH CÂNDIDO - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário