Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 19 de março de 2016

Sopro divino - JAIME CORTESÃO

És uma chama de ternura,
Uma brisa carregada de pétalas,
Um luaceiro de estrelas
Numa noite de Estio:

És o sopro de Deus
Que faz florir os mundos
E traz em si o gérmen
De todas as promessas criadoras.

Tens a virtude oculta que redime;
Podes moldar a vida à tua imagem.
Bendita aquela hora em que poisaste
Os olhos sobre mim!

No rasto desse olhar,
Refluo sobre o tempo,
Regresso ao Caos vivo e originário,
E, entre o não ser e o ser,
Pairo sobre os abismos constelados
Como um clarão crepuscular:
Sou êxtase,
Espírito,
Luar...

EM - POESIA - JAIME CORTESÃO - INCM

Sem comentários:

Enviar um comentário