Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 15 de fevereiro de 2014

Memórias - TELMA ESTEVÃO

São recortes de memórias vadiando
indistinto sussurro de vozes
empalidecidas, turvas e ocultas
que na alma vão uivando.

São berço de heras suspensas
que o tempo rigoroso não desenraíza
e o brando vento lamenta.

São rugas de quimeras cansadas
que ao redor
dos meus húmidos e tristes olhos se agasalham
e sangram.

São paisagens lunares fugidas
véus de luto inquietos
sonhos secos, devastados
pelas nefastas madrugadas.

Sonhos tesos     em labirinto sulcados de negro.

Mar cruel... que não corre, seca e cala-se!

Abortando a coragem das letras redondas
o meu corpo extenuado adormece.

Emudecendo os suores e a relva da minha pobre alma.

EM - A ESSÊNCIA DOS SENTIDOS - ANTOLOGIA - EDIÇÕES OZ

Sem comentários:

Enviar um comentário