Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Depois da tempestade - JORGE GOMES MIRANDA

Veio para casa como de costume
pousou a carteira e ele não estava.
Nessa noite colocou mais um cobertor na cama
não repetindo para si própria:
"vai ficar tudo bem."

A cidade era um brinquedo,
um livro de colorir
a chuva misturou umas cores
a angústia e a decepção outras.

Depois da tempestade
com uma toalha enxuta
e um secador eléctrico
a cabeça fica como nova?

EM - ESTE MUNDO, SEM ABRIGO - JORGE GOMES MIRANDA - RELÓGIO D'ÁGUA

Sem comentários:

Enviar um comentário