Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

No meu olhar - CECÍLIA VILAS BOAS


No meu olhar, voam pássaros inventados
Contos lendários de príncipes e princesas
Centelhas de ventos sobranceiros
Violetas que perfumam o meu travesseiro.

Vejo névoas que encobrem castelos
Manhãs de bruma em dias soalheiros
Ondas oceânicas, que rebentam nas estrelas
Tudo cabe ali, na fantasia do meu olhar...

Nos meus sonhos perco-me em melancolia
Ainda lembro as brisas aladas do fim de tarde
E as magnólias do meu jardim...
Onde estão as magnólias do meu jardim?!

EM - O ECO DO SILÊNCIO - CECÍLIA VILAS BOAS - ESFERA DO CAOS

2 comentários:

  1. Tenho em consideração a capacidade poética da autora no tratamento desta temática, mas leva-nos para uma abordagem confinada a um tratado de psicologia freudiana, do que ser inserido num blog sem pretensões deste nivel. Estes sonhos e visões não comandam a vida, mas detroem-na. Por razões deontológicas não o queria ver no meu blog.

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Emanuel pela gentileza de publicares um poema do meu livro, é um dos que mais gosto. A delicadeza e a atenção para com os outros faz girar o mundo, na sua melhor vertente.

    As críticas são sempre bem vindas, desde que construtivas.

    Um abraço
    cvb

    ResponderEliminar