Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 12 de maio de 2012

Senhores d'antanho - GABRIELA PAIS



Damas d'antanho
Que tanto Flabelavam,
Seriam as saias daquele tamanho
Fautoras do cheiro que exalavam?

Pobres como sofriam
E as infelizes crianças também,
Quando ao banho iam,
Ufa... água da terra de ninguém.

Também os homens, coitados,
Não cheirariam nada bem,
Naquelas roupas encafuados,
Mas tinham mais sorte ora bem.

No banho eram os primeiros,
Ora vejam esta realeza,
Nestes dons eram pioneiros,
No amor seria... a incerteza.

EM - O LUGAR DAS PALAVRAS - GABRIELA PAIS - TEMAS ORIGINAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário