Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 17 de março de 2012

62 - RICARDO REIS

Pequena vida consciente, sempre
Da repetida imagem perseguida
Do fim inevitável, a cada hora
          Sentindo-se mudada,
E, como Orfeu volvendo à vinda esposa
O olhar algoz, para o passado erguendo
A memória pra em mágoas o apagar
          No báratro da mente.

EM - POESIA - RICARDO REIS - ASSÍRIO & ALVIM

Sem comentários:

Enviar um comentário