Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

São objectos da noite...* - ANTÓNIO RAMOS ROSA

São objectos da noite nos limites da luz
Sombras e palavras em confusas massas
areias ervas ondas e números sementes
alfabetos e entre os cabelos flutuantes
uma cabeça verde Uma espécie de pele
forma um volume azul de contornos negros
Mas o cego que gira no centro de uma roda
restabelece o vazio e a brancura perfeita
Aí se concentram todos os fios da trama
e nela o tranquilo sono de uma estrela

EM - DELTA/PELA PRIMEIRA VEZ - ANTÓNIO RAMOS ROSA - QUETZAL

Sem comentários:

Enviar um comentário