Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

nem sempre resiste a chama ao vento - GONÇALO B. DE SOUSA

nem sempre resiste a chama ao vento
e, de súbito, apaga-se,
deixando-nos os sentidos mergulhados
na treva primordial, terrível,
nesse intervalo em que a dor é tão grande,
que nem a luz a suporta.

EM - CANÇÃO DO EXÍLIO - GONÇALO B. DE SOUSA - TEMAS ORIGINAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário