Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Os abutres - ALEXANDER SEARCH*


Oh, abutres desta terra sem vida
Onde a ventania sopra desabrida,
Que ossos são esses, sob o vosso voo?
- O rei Hermagoras, que aqui habitou.

P'ra outra corte a rainha partiu,
Um novo rei no trono surgiu,
No Oriente estão os teus haveres,
Os cortesãos folgam em prazeres.

Sua carne podre foi para comer,
Sua pele suave foi fácil romper;
Pois o manto negro e o que trazia
Pegaram os servos quando aqui jazia.

O seu esqueleto o sol branqueou
E os vermes comeram o que nele ficou,
E os que ele amou, que acaso aqui passem,
Desdenham dos ossos que sob o céu jazem.

in... Poesia - ALEXANDER SEARCH - Assírio & Alvim

Blog da editora aqui


* Alexander Search é um dos heterónimos de Fernando Pessoa

1 comentário:

  1. Há uma doce luz no silencio,e a dor é de origem divina.
    Permita que eu volte o meu rosto para um céu maior que este mundo,
    e aprenda a ser dócil no sonho como as estrelas no seu rumo.

    Cecilia Meireles

    Uma semana de paz e luz...Beijos na alma.....M@ria

    ResponderEliminar