segunda-feira, 4 de outubro de 2021

Sonhos meus - ELIANI SILVEIRA VIANA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto Mulherio das Letras Portugal neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Toda desgadelhada
De chinelinho de dedo
Simplesinho, Bem surrado
Que, por mamãe, fora reaproveitado.

De redes de cebola lançadas ao descarte,
Com tranças foi remodelado
Feito aquele vestido de chita
Que a mãe costureira remendou
E fez um lindo babado

Queria ser professora
Mas deixaram em minha mão
Apenas uma vassoura

Feito a gata borralheira
Toda suja de carvão
E naquele velho fogão de lenha
Chamuscada na cinzeira
Sonhava a menina tristonha,

Quando lia, viajava,
Para outro mundo se transportava.
Não sonhava em ser princesa,
Queria ser a que o mundo mudava

EM - MULHERIO DAS LETRAS PORTUGAL (POESIA) - COLECTÃNEA - IN-FINITA

Sem comentários:

Enviar um comentário