domingo, 6 de dezembro de 2020

Vem - ANA MARTA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Conheçam a IN-FINITA neste link

Mune-te do teu mais lindo sorriso
E deixa-te ir somente uma vez
Dá-me a loucura do improviso
Faz sim o tão desejado talvez

Não te permitas enganar por mim
Porque vou fingir que não te quero
Até negarei este meu frenesim
Mas, afinal, apenas desespero

Vem cá já e rouba-me um beijo
Faz-me flutuar sem sair do chão
Realiza meu secreto desejo

Dá-me tudo p’ra lá da excitação
As muitas sensações que ensejo
Liberta a minha mais doce paixão

EM - PANDEMIA DE PALAVRAS - COLECTÂNEA - IN-FINITA

Sem comentários:

Enviar um comentário