Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Sou criança - MANUEL A. RODRIGUES

Se sou criança...! alguém perguntou
Que pergunta...! em mim bem não reparou
A capacidade de brincar não se me findou
Quem me conhece
Sabe que a criança em mim acontece
Brinquei ontem e brinco agora
Irei brincar pela minha existência fora
Hoje, adulto me esqueço por vezes de ser
Deixo em mim a criança viver
De brincar, vergonha não sinto,
De me misturar com os miúdos, gosto, não minto
Não me importa o observar
E qual seja de mim o criticar
Gosto de a vida com a pureza de criança levar
Podem considerar que não tenho juízo
Será apenas de mim o prejuízo
Mas eu considero que não
O ser criança, em mim, já não tem solução
Nasci menino
Não pude mudar o meu destino
Hoje, que adulto sou,
Deixar de ser CRIANÇA... NÃO VOU...

EM - TOCA A ESCREVER - ANTOLOGIA - IN-FINITA

1 comentário:

  1. É corrente considerar que em todos , independente da idade ,temos dentro de nós uma criança. É de bom tom , podermos ainda brincar. Gostei

    ResponderEliminar