Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 1 de julho de 2018

Eternamente só... - PAULO GALHETO MIGUEL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR ADRIANA MAYRINCK

É disso que vos falo...
Porque é assim, que me sinto...
Da vontade de me sentir inteiro...
Do desvelo insubordinado, de arder com chama...
Da volúpia sábia, de contrariar a vozaria dos outros...
Da raiva de morder as mãos, esperando que a fé se sente a meu lado...
E me resguarde dos dias amargos, dos caminhos que me são negados...
Com uns olhos, completamente novos...

Quero abraçar os afetos...
Sobretudo aqueles que existem e não têm boca...
Quero perceber o trajecto dos pássaros...
De como é dar conta, dos olhos que se rasgam, ao raiar do dia...
Queria tanto saber de mim, por mim...
Sem ser dos outros modos possíveis...
Distante dos momentos, em que eu apenas me deixo estar...
Constatar aquilo que é óbvio...
Sonhar alto, sem estorvos, sem parapeitos...
Como sonham os mais...

Até porque encontrar alguém de quem se gostar, é tão RARO!...

EM - VOZES IMPRESSAS - ANTOLOGIA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

1 comentário:

  1. UM desejo manifestado através da escrita. O que interessa é sentir-se bem. Não quer arriscar, é uma lotaria, por vezes, partir para uma relação de amor Pensa assim .!...

    ResponderEliminar