Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 22 de julho de 2018

As ruas... - M. P. BONDE

LIVRO GENTILMENTE CEDIDO PELO AUTOR
Saibam do autor neste link

As ruas são menos expressivas, companheiro, escondidas em si, transmitem os tempos de crise no ventre das palavras que não tingem a verdade. As ruas escamoteiam um resto de bondade ao alvorecer, julgam os cordeiros da ordem imutável, crêem em si o emaranhado de cabelos prateados das bibliotecas ambulantes nas calçadas. As ruas… As mesmas que nos passeiam o corpo ao entardecer. As que…, não sendo o princípio do ciclo, reflectem o silêncio do rio que passa, a amargura dos passos franzinos no degrau da idade.


As ruas!

EM - ENSAIOS POÉTICOS - M. P. BONDE - CAVALO DO MAR 

2 comentários:

  1. Mostra um certo desagrado pelas ruas... com alguma característica, a menos que sejam simbólicas...

    ResponderEliminar