Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 7 de julho de 2018

Após a tempestade RÔ MARTINS

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Serena?... Nem tanto!
Sob a rotina de outrora,
A noite se vai e
Um novo dia toca rumo...
Tudo está para acontecer.
Desassossegados pássaros
Vão e vem, abrindo
A cortina do amanhecer.
As nuvens, que do Céu desaguaram,
Fazendo a tempestade acontecer,
Dão uma trégua... Por quê?
Nada além do que se pode ver.
Ao tempo, novas histórias
Arrebatam as fronteiras
Do entendimento
E o céu se abre para
Semear momentos...
Por vezes, acolhe o silêncio!
Silêncio que não tem hora,
Tem vez!... Tem sede!...
Alcança a sua morada,
Mesmo ao som dos
Desassossegados voos
De idas e vindas...
Que, por vezes, não apenas abrem,
Mas rasgam as cortinas do instante
Apetecendo o despertar.

EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

1 comentário:

  1. Momentos de sossego no desassossego do dia-a-dia. Acontece...
    Gostei. É um tema por mim tratado.

    ResponderEliminar