Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 16 de junho de 2018

Não sou... - MARGARIDA GOMES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR ADRIANA MAYRINCK

Não sou
de céu nem de terra,
de outono ou primavera,
não sou brisa nem suão...
Não sou
espiga desfolhada,
nem árvore derrubada
na inclemência do verão...
Não sou, sequer,
sol de inverno
que embala, em colo terno,
tardes de solidão...

Tenho vitórias por viver
e batalhas por vencer,
sou oásis de melancolia!
Vim mesclada de lonjura,
com olhos de aventura,
toda eu sou fugidia!...

Sou de tudo e sou de nada.
deambulo numa estrada
que não tem fim nem começo...
Neste chão por ode vou,
não há lugar para o que sou,
só para aquilo que pareço!...

EM - VOZES IMPRESSAS - ANTOLOGIA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

1 comentário:

  1. Apreciei e o remate "...não há lugar para o que sou...pareço!..."
    Na realidade temos que andar mascarados para agradar, ou /e muitas vezes sobreviver. Acontece.....

    ResponderEliminar