Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 28 de junho de 2018

Dentro de mim - NIC CARDEAL

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR IN-FINITA
Saibam mais do projecto conexões neste link
Conheçam a IN-FINITA neste link

Dentro de mim um barco.
Águas revoltas, águas profundas, águas paradas.
Às vezes rasas, às vezes fecundas.
Mares raros, rios secos, fontes salinas.
Barco vazio, barco repleto,
às vezes escasso, às vezes completo.

Dentro de mim o oceano,
dores escusas,
sabores amargos,
doces lembranças.

Dentro de mim a gota,
a sombra, a letra,
o verbo solto, sem verso,
eco preso à garganta
no reverso da mesma estrutura.

Dentro de mim um grito.
Sou toda ouvidos,
o som do mundo.

Dentro de mim um barco,
um rasgo mais que perfeito,
uma gota: o oceano em si.


EM - CONEXÕES ATLÂNTICAS - ANTOLOGIA - IN-FINITA

2 comentários:

  1. O Poema refere-se às multifacetas de personalidade e às angústias que o autor travou. Assim, "dentro de mim a gota; ...um grito...um barco,"; águas revoltas, profundas, paradas...mares raros..."
    Muito belo.

    ResponderEliminar