Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Poupança para alma - WAGNER MARTINS

Saibam do autor neste link

Nem tudo na vida é belo,
Pois nem todo belo é infindável...
Conserve as boas recordações
que são da vida,
Dispense as que te fazem mal,
as que causaram feridas.
Para que nos tempos maus
possam conter nelas guarida.
Imagine,
se as árvores
não absorvessem os raios solares,
Se não fizessem a fotossíntese:
Elas não seriam revigoradas,

precavidas para no inverno resistirem.

EM - VERSOS DA BELA VIDA - WAGNER MARTINS - EDIÇÃO DE AUTOR

2 comentários:

  1. Concordo com a temática deste poema. Nem sempre conseguimos, perante situações graves, o nosso inconsciente guarda .
    Apreciei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre grato pelas visitas e comentários...

      Eliminar