Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Solidão - GLEIDSTON CÉSAR

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR
Saibam mais do autor e do livro neste link

Hoje escrevo-te para que saibas
que dispenso a tua presença,
embora ainda me sinta tentado
a não escrever.
Mas é necessário.

Para que saibas que, entre nós,
já não existe companheirismo,
fidelidade nem lealdade.
Foste, durante anos,
a minha melhor companhia.

Estiveste sempre presente.
Quando eu me abandonei
quando fui abandonado
falavas-me através das músicas
e nunca me faltaste.

Tu, solidão, que sempre me viste
e exibiste como um troféu,
marca estampada no rosto
companhia inseparável
por isso sempre me olhei
e fui olhado como alguém abandonado.

Hoje, solidão, tenho a felicidade de te demitir.
Hoje és indesejada e não há espaço para convivência!
O sorriso que trago e os sentimentos
que a experiência me trouxe
fizeram-me solidário comigo.

EM - RATOS & GATOS - GLEIDSTON CÉSAR - ESFERA DO CAOS

Sem comentários:

Enviar um comentário