Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Vida - ANTÓNIO MANUEL PALHINHA

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Continua vida sabida no sobe e desce,
Despropositada não será a ida,
Que o retorno, em torno das curvas retorcidas,
Favorece a quem ao caminho se mete.
No sobe e desce vida sentida
Que avança e recua na íngreme ladeira,
O que não vale é aguardar inerte,
Como quem espera sentado numa cadeira.
O tempo corre, vertiginoso é o tempo.
De que importa todo o lamento,
O destino demora mais a chegar.
Que se não arriscarmos na viagem já longa,
Torna-se inevitável a delonga
Incauto o demente que o tempo quer parar.

EM - DESASSOSSEGO DA MINHA ALMA - ANTÓNIO MANUEL PALHINHA - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Sem comentários:

Enviar um comentário