Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Amanhã não sei se cá estarei! - ISABEL ROSETE

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR CHIADO EDITORA
Saibam mais da autora neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Nos passos da Morte movo
A minha Vida de Ser e de Nada.
A refulgência do Tempo
Mostra-me a minha efemeridade.
Fazer tudo, agora, torna-se imperativo.
Amanhã não sei se cá estarei!

Caminho, apressada, para o encontro
Comigo mesma.
Amanhã não sei se cá estarei!

Sorvo o devir frenético de cada momento
Vivido, dentro e fora dos meus poros.
Amanhã não sei se cá estarei!

Esta adrenalina cansa-me!
Ah, como me cansa esta adrenalina!
Ah, como me cansa, exaustivamente!
Mas não sei viver senão na intensidade -
Quase alucinatória -
Desta efervescência constante
Que sempre procuro, ansiosa,
Dentro e fora de mim.
Amanhã não sei se cá estarei!

EM - FLUXOS DA MEMÓRIA - ISABEL ROSETE - CHIADO EDITORA

2 comentários:

  1. Como sempre mais um belo poema dq talentosa Isabel Rosete! Sem dúvida que vou procurar encontrar o livro que lerei com o maior interesse e prazer! Muito sucesso amiga Isabel Rosete!

    ResponderEliminar