Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Memória de um dia sem poesia - JOSÉ ILÍDIO TORRES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

encalharam sem razão os barcos
os aviões pararam em pleno ar
uma gaivota ficou negra de crude

não havia correio nos marcos
não havia razão para reclamar
o afecto mais terno tornou-se rude

falharam o alvo dos amantes as setas
as crianças de colo deixaram o peito
uma cidade inteira ruiu nessa dor

não havia beijos, abraços ou metas
não havia mais que cadáveres no leito
o ódio sobrepôs-se sem dó ao amor

procuraram razões eternos ditadores
discursaram políticos a sua febre
culparam os poetas da ruína sem fundo

mas estes, indiferentes aos roedores
gritaram bem alto a razão da greve
gizando novos poemas para o mundo

EM - DISSERTAÇÃO ESCUSADA SOBRE A SOLIDÃO DAS ÁRVORES - JOSÉ ILÍDIO TORRES - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário