Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Fim de Abril - PINHO NENO

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO POR EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA
Saibam mais do autor neste link
Saibam mais do livro neste link
Conheçam a editora neste link

Abril arrefeceu. A primavera
Tornou Inverno triste, aborrecido;
Esfumou-se também o colorido
Do cravo que não foi senão quimera.

Meu País sem comando, qual galera
Sem leme, pelos ventos sacudido
Deste Inverno chuvoso e desabrido,
O rumo que perdeu não recupera.

Aproxima-se o caos, o descalabro...
A fome não demora: já se sente
O desespero que ninguém ilude...

Ouve-se o som do bacanal macabro
Para onde sem pudor e torpemente
Se lança a generosa Juventude.

EM - CHÃO PORTUGUÊS - PINHO NENO - EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA

Sem comentários:

Enviar um comentário