Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Estrela decadente - JOSÉ ILÍDIO TORRES

LIVRO GENTILMENTE OFERECIDO PELO AUTOR

eu venho de todos os lugares da perda
semeando cadáveres pela planície
os bolsos cheios de armas e só merda
sou da fome o mais astuto artificie

eu venho de onde não tenho nome
garganta funda para dizer a liberdade
pau para toda a obra de quem tome
mentira como a mais pura verdade

eu venho dos bairros da fome como lata
cântico negro a roer-me de poesia os ossos
eu venho de matar o silêncio com esta faca

eu venho de todos os lugares tão vossos
já derrubei para um canto o que me mata
visto-me da bonomia cadente dos destroços

EM - DISSERTAÇÃO ESCUSADA SOBRE A SOLIDÃO DAS ÁRVORES - JOSÉ ILÍDIO TORRES - LUA DE MARFIM


Sem comentários:

Enviar um comentário