Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Insistência - CASIMIRO DE BRITO

Inútil de músculos
vivo a esperar-te
tu-que-não-sei-quem-és

Mas quando vieres
se acaso vieres
o meu corpo cobrirá o teu corpo
e serás o hálito que me falta
o suicídio
a luz

E talvez te diga: Amanhece
tu-que-não-sei-como-és
mas a quem chamo

liberdade

EM - JARDINS DE GUERRA - CASIMIRO DE BRITO - ASSÍRIO & ALVIM

Sem comentários:

Enviar um comentário