Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 20 de dezembro de 2015

Horta - VÍTOR CINTRA

Nascestes ao redor da Santa Cruz,
Ermida que, por fé, um nobre ergueu,
Mas dito foi ao Duque de Viseu,
Que irias ter o centro em Bom Jesus.

Atrás, no teu passado, há morte, dor,
Piratas, roubos, vãs profanações,
Barbárie sem sentido, execuções,
Soldados chacinados, o terror.

Viveu a tua gente o desconforto.
P'ra quem o mar navega fez um porto,
Abrigo na tormenta e na maré;

Local onde encontrar navegadores,
Marina ornamentada dos Açores;
Correio a dizer: «Peter's Café».

EM - MEMÓRIA DAS CIDADES - VÍTOR CINTRA - TEMAS ORIGINAIS

2 comentários:

  1. Poeta, meu Amigo, desejo-te um Natal cheio de conforto e um Ano Novo com muita Saúde, Paz e Amor.
    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado! Votos de amor, paz, saúde e muita poesia.
      Beijo.

      Eliminar