Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Apagamento - JOÃO RUI DE SOUSA

Em sua forma e sentido
perfila-se o chamamento
do que é regresso ao haurido
(ao tão escasso fardamento)

de ficar neste temido
remorso de um nunca assente
sentido para o vivido
como gesto ou pensamento.

É o marco repetido
sem cor ou só o cinzento
de quem foge ao alarido

no seu carro de indigente:
de quem passeia o castigo
em sina de apagamento.

EM - LAVRA E POUSIO - JOÃO RUI DE SOUSA - DOM QUIXOTE

Sem comentários:

Enviar um comentário