Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Diz-me - GABRIELA PAIS

Diz-me o que quero saber e não sei
porque inquiro e não consigo achegar
obscura realidade porque penei
encontro da vida a desacordar.

Na penumbra como queria poder ver
o que se passa atrás dessa cortina
tão azul ora cinza, sem se antever
ao morrer, onde acabará a neblina.

Diz-me o que quero saber e não sei
para escolher se quero fenecer
ou se prefiro continuar a viver.

Terá luz, amor, flores sempre a nascer,
verjel onde o coração não sente frio
do desamor deste mundo tão sombrio?!

EM - CASTELO DE LETRAS - GABRIELA PAIS - LUA DE MARFIM


Sem comentários:

Enviar um comentário