Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Poema decantado - ALEXANDRE CARVALHO

Há por aí muitos escritos
Que não são branco nem preto
Nem cheiram a palheto
E têm pouco de rabiscos

Outros versejam em escritura
Misturando morangueiro
Sem os solfejos na partitura
Como poeta sem dinheiro

Poesia sem alegria etílica
Versos destilados sem alambique
Gregorianos fora da Basílica

Vai haver quem me critique
Nesta eclética agonística
Nunca o poeta se prejudique

EM - UNIVERSO DAS PALAVRAS - COLECTÂNEA - SINAPIS

Sem comentários:

Enviar um comentário