Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Na lua que hoje* - SÓNIA RODRIGUES

Na lua que hoje
não se vê, se prevê
tempos de mudança
a minha herança é
o Amor, solto-o
com fulgor, recebido
com ardor, o retribuído
por vezes é
dor incolor, liberto-a
sem rancor
e na herança vou
buscar esperança
para voltar a Amar

EM - RENASCER - SÓNIA RODRIGUES - UNIVERSUS

Sem comentários:

Enviar um comentário