Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

domingo, 2 de março de 2014

Cantar como quem chora - NATÁLIA CANAIS NUNO

Renasce a vida no olhar
palavras não conseguem dizer
deste meu deslumbrar
deste meu divagar
que o olhar diz sem querer.
Abro asas à imaginação
ideias que vêm e vão
todas com a cor verde da esperança
com o seu quê de tempos idos
lá ao longe a criança...
de cabelos desprendidos.

Mas o outono chega cedo
fico à espera nem sei de quê!
Minha alma é desassossego
e o futuro já se antevê.
Minha boca canta minha alma chora,
meus olhos são berço de embalar
a lágrima que neles mora
num amargo insinuar.

EM - A MELODIA DO TEMPO - NATÁLIA CANAIS NUNO - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário