Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Fado areia - JESÚS RECIO BLANCO

A areia é uma ponte pênsil
entre a margem e o seu contrário,
é uma mão nostálgica
que se recusa a ser mão,
é um poema sem véu,
uma palavra constante,
um espaço para solapar o tempo,
um desejo que carece de ar.

EM - SOBRE OS FADOS - JESÚS RECIO BLANCO - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário