Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Encontro - SOFIA BARROS

Estarei à tua espera, não te atrases.
Vem ter comigo junto à clareira;
Ali, onde fizemos as pazes,
o rumor do rio mesmo à nossa beira.

Vem à hora que hoje combinámos.
Sabes, não consigo ficar mais sozinha
junto a esta lareira onde nos deitámos
após a dança inventada na cozinha.

Fica comigo nos poemas de amor,
na luta que termina sempre em empate;
Deixa-me mostrar-te que do teu calor
não há força alguma que me resgate.

EM - ANTES DE SERMOS DIA - SOFIA BARROS - LUA DE MARFIM

2 comentários:

  1. UM belo e leve poema de amor romântico, cuja frase de que mais aprecio:" Fica comigo nos poemas de amor,/na luta que termina sempre em empate;"
    Grata.

    ResponderEliminar
  2. Trata-se de um poema romântico. Os versos mais originais de que me é dado destacar,reune uma ideia: "Fica comigo nos poemas de amor,/na luta que termina sempre em empate;"
    Grata.

    ResponderEliminar