Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Zé Pecado e o dueto preto e branco - DELMAR MAIA GONÇALVES


Zé Pecado
foi para o lado dos negros
e levou um empurrão
com um clamor de vozes:
- Sai daqui seu misto sem bandeira,
sai daqui seu misto sem bandeira!
Com lágrimas vertendo
foi para o lado dos brancos onde ouviu um eco de vozes
clamando: - Sai daqui seu preto, sai daqui seu preto!
Perante tal situação,
Zé Pecado arregaçou as mangas
e desesperado gritou:
- Somos irmãos
negros e brancos
somos irmãos!
Reina desde então
um silêncio suspeito.

EM - SOB EPÍGRAFE - TRIBUTO A JOSÉ CRAVEIRINHA - TEMAS ORIGINAIS

1 comentário:

  1. A essência deste conteúdo ainda vigora,nos nossos tempos, infelizmente.
    O homem ainda não compreendeu a grandeza da vida pela diversidade, multiplicidade e colorido da convivência entre os povos. Os alicerces ainda se mantêm frageis...

    ResponderEliminar