Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Teatro e cultura com vera san payo de lemos - MARIA TERESA DIAS FURTADO


Voz e mãos abrem o mundo do teatro,
o puro acontecer. Fazem-nos ver
o fundo da alma, a luz da vida,
suas sombras e sinais, seus paradoxos
em movimentos no texto nos textos
na sequência do apaixonado trabalho
que aponta caminhos livres de possível saída.
Do impacto da surpresa nasce o texto do espectador
que acorda, concorda, discorda, repensa as emoções
que a ele o devolvem
ora levando-o a refazer memórias,
ora espaços, a casa dos afectos, dos labirintos,
o campo aberto de desenhos habitados
de histórias que contando nos contam
e canções que nos tocam e embalam
ao fio do acontecer extremo e íntimo
visível e invisível no mistério de cada
homem, mulher, jovem, velho.
Tantas luzes nos desenham a vida
tantas palavras nos prendem ao ar.
Tudo pode começar e recomeçar:
Na reinvenção do mundo em cena
para todos há lugar.

EM - O ARCO DO TEMPO - MARIA TERESA DIAS FURTADO - LUA DE MARFIM

1 comentário:

  1. A capacidade criativa leva-nos a tais divagações capazes de suscitar enredos tais.
    É nesta magia que a Poesia nos embala, e nos conduz a cenários interiores e exteriores de diversas tonalidades e emoções: umas controladas (comoções), outras desenfreadas, fruto do nosso viver.
    Agradeço.

    ResponderEliminar