Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Somos peças de xadrez - BELMIRO BARBOSA


Se o vento me deixa ser eu outra vez,
Por uns instantes, o mundo é melhor.
Mundo em que somos peças de xadrez,
Que alguém nos muda sem ver em redor.

São bons em tudo que se concretize?
Eu não consigo fugir ao dever,
Há quem consiga, há quem desvalorize.
Ser cumpridor é sinal de poder?

Vamos ser mais peões, de mãos atadas,
Vamos só falar antes que nos calem.
Inclinar o tabuleiro, há razões!

Somos peças de xadrez mal jogadas,
Umas valem mais que outras.Ai se valem!
A maioria peões, só peões?

EM - SÓ CEM SONETOS - BELMIRO BARBOSA - CHIADO EDITORA

Sem comentários:

Enviar um comentário