Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Flor de lótus - MARIA JOÃO CARVALHO MARTINS


Turva se desenha a curva
do meu corpo
na lama que o molda
e o alimenta
lhe toma o pulso e o inflama.
E da semente, cresço raiz
e emerjo, asa de gaivota
resgatada pelo sol.
Perene flor
alma solta.

EM - DO OUTRO LADO DO ESPELHO - MARIA JOÃO CARVALHO MARTINS - LUA DE MARFIM

2 comentários:

  1. Aprecio este poema em torno desta flor, tão singela e dotada de perenidade. Não é por acaso que ela marca através dos tempos, desde as Civ, Antigas , o seu lugar junto das divindades, e do poder soberano , de reis e imperadores. Ainda permanece em algumas bandeiras nacionais...Gostei e agradeço.

    Ao Manu: pedia uma pausa de três semanas, por ter compromissos e não estar disponível para este tipo de "combate" . Um Bom Natal a todo o elenco do seu blogg. e a si uma saudação, em particular.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Maria Beatriz!
      Em primeiro lugar quero agradecer a sua presença constante e os comentários enriquecedores que tem deixado.
      Este blog é um projecto de divulgação de poesia e de poetas e não faria sentido se não tivesse o retorno por parte de quem o lê e acompanha. Estou certo que o tempo ajudará a uma maior expressão deste espaço e, quem sabe, tornando-o uma referência no panorama poético actual.
      Fico a aguardar o seu regresso a este espaço que também é seu pelo interesse que tem demonstrado e pela forma independente e conhecedora dos comentários que tem deixado. Quando regressar terá certamente muitos motivos (leia-se poemas)para análise e reflexão.
      Festas felizes.

      Eliminar