Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Poeta - LITA LISBOA


Poeta vive a falar de amor,
Poeta vive a falar de dor,
Poeta informa,
Poeta grita,

e quem lê a sua escrita?

Poeta imagina,
Poeta cria,
Poeta sofre,
Poeta grita,

e quem lê a sua escrita?

Poeta voa,
Poeta inventa,
Poeta sonha,
Poeta grita,

e quem lê a sua escrita?

Poeta morre,
num labirinto de palavras,
num oceano ignorado,
com a ferida, jamais sarada,
da incompreensão.

EM - CREPÚSCULO - LITA LISBOA - TEMAS ORIGINAIS

1 comentário:

  1. Estou muito sensibilizada com o conteúdo deste poema pois tem a haver com a minha filosofia de entender o poeta e a sua obra. Penso que a última mensagem não é tão radical, não sendo eu uma especialista na crítica literária.

    Que me perdoe a autora e seus pares. Agradeço.

    ResponderEliminar