Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Escolta - MIGUEL TORGA

Viandante aterrado no caminho,
Canto a enganar o medo.
Parti cedo
Demais
À procura da vida;
E perdi-me nos densos matagais
Que cercam toda a infância interrompida.

Pus-me então a entoar este Bendito
De lágrimas sonoras,
Que arremesso a fantasmas invisíveis,
Disfarçados nas sombras que tacteio;
E chego a ter às vezes a ilusão
De que vou na divina protecção
Das notas de beleza que semeio.

EM - POESIA COMPLETA VOL. II - MIGUEL TORGA - DOM QUIXOTE

Sem comentários:

Enviar um comentário