Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 23 de junho de 2012

Versos mortos - LÍDIA BORGES



Estou exausta!
Tenho andado a arrancar pela raiz
como ervas daninhas
os esquissos de poemas
que me afloram ao coração.

E são tantos!

Tenho o peito dilacerado,
cheio de versos mortos.
Poemas em pedaços que rasguei
antes que pudesse escrevê-los.

Não resistiram
à luz incerta deste sol
sempre avariado.

EM - NO ESPANTO DAS MÃOS - O VERBO - LÍDIA BORGES - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário