Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

O vestido verde - MANUELA FONSECA


Aquele vestido verde
Suave ao toque do veludo
Deslizou no seu corpo
Em soluços confidentes

Rosto branco
Isento de cor malte
Caíam sorrisos apressados
Que se desmanchavam
Em brilhos pardos

O andar provocava o homem
Que o inventou
Quando o amor era presente

O olhar voltava-se
Apagando a dor
Da paixão

EM - POESIA SEM REMETENTE - MANUELA FONSECA - TEMAS ORIGINAIS

Sem comentários:

Enviar um comentário