Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Amizade - LITA LISBOA


Na amplitude dum abraço,
Se recolhe o sal da vida,
O carinho é um enorme cacho de uvas,
Que em cada bago traz uma flor,
Que cresce, se enraíza,
E as folhas são amor,
São carícias,
Que em silêncio se sustentam,
Num diálogo, que não precisa de palavras,
Mas de sílabas
Que aumentam o rio da ternura,
Que cresce até ao mar,
Onde se navega numa onda
Sem parar,
E à qual se deve chamar
AMIZADE!

EM - ONDE OS PÁSSAROS FAZEM SILÊNCIOS - LITA LISBOA - TEMAS ORIGINAIS

1 comentário:

  1. Trata-se de um belo poema com condimentos muito próximos da minha forma de encarar a amizade .

    ResponderEliminar