Este blogue pretende ser uma montra de poemas e poetas de língua portuguesa.
NESTE MOMENTO O TOCA A ESCREVER É PATROCINADO POR ALGUMAS EDITORAS E AUTORES QUE OFERECEM LIVROS DE POESIA.

sábado, 5 de maio de 2012

Em carros de rodas...* - ALBERTO BRAVO


Em carros de rodas empurrados, grossos,
lívidos, recordais as chamas dos braseiros;
a Primavera vem destapar os vossos
quentes recipientes de maus cheiros,
fedores inaugurais que o Meio-dia
faz evolar em cartazes incessantes:
os homens sentem-se irmãos pela Axila,
pelos íntimos desprendimentos gotejantes...
Vossas pernas mesdames se entreabrem
ao falo dos ventinhos de Abril
e vossos decotes conhecedores sabem
entre os seios esconder a sombra dum ardil
enquanto as virgens uff, as imperfuradas,
sorvem cem equívocoslicores
glu glu glu e morrerão casadas
com mortos que passam dizimando cores.

EM - POEMAS OCASIONAIS - ALBERTO BRAVO - LUA DE MARFIM

Sem comentários:

Enviar um comentário